27.4 C
Rio de Janeiro
terça-feira, janeiro 19, 2021

“Nova” Líbia

O paradigma de respeito aos direitos humanos do Conselho Nacional de Transição (CNT), guindado ao poder pelos bombardeios da Otan, não se esgota na execução do ex-presidente Muamar Kadafi. Novas gravações de vídeos mostram que, além de assassinado, Kadafi teria sofrido abuso sexual de milicianos do CNT. A própria direção do conselho confirmou à BBC que investiga esta acusação. Com a palavra, agora, os presidente da França, Nicolas Sarkozy, o primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, e o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, arautos da “nova democracia” a ser instalada na Líbia, dono das maiores reservas de petróleo da África.

Dupla moral
No Brasil tucano, o deputado Luiz Eduardo Magalhães (PFL-BA), comandante da votações na Câmara para alterar a idade mínima para os brasileiros se aposentarem, garantiu sua aposentadoria na flor dos 31 anos. Também na Itália, onde o Governo Silvio Berlusconi, atendendo ordens da União Européia (UE) e do FMI, quer obrigar os italianos a trabalharem até os 67 anos, a mulher do líder da xenófoba Liga do Norte, Umberto Bossi, se aposentou aos 39 anos. Como se vê, lá como cá, os defensores do capital financeiros são pródigos em pedir sacrifícios aos outros.

Pequeno, mas acelerando
O faturamento mundial de mídias sociais deverá atingir US$ 10,3 bilhões em 2011, o que representa um aumento de 41,4% em relação a 2010. Segundo os analistas da empresa de consultoria e pesquisa Gartner, a perspectiva para 2012 é chegar a US$ 14,9 bilhões, e US$ 29,1 bilhões até 2015. O principal faturamento é com propaganda, que deve somar US$ 5,5 bilhões em 2011. O faturamento com jogos deverá chegar a US$ 3,2 bilhões.

Livro aberto
Para o usuário, um fato assinalado pela Gartner representa risco de perda de privacidade: “o mercado (publicitário) fará a transição de anúncios estáticos e por cliques para engajamento contínuo dos usuários da Internet e alocará, uma percentagem maior de seus orçamentos de propaganda para sites de redes sociais”. Tradução para “engajamento contínuo”: as mídias sociais, com a ajuda de empresas analíticas, podem desvendar as estruturas de dados dos usuários, mapeando listas de amigos, seus comentários, mensagens, fotos e todas as suas conexões sociais.

Desconto para cima
Um site de compras coletivas está oferecendo passeio de teleférico para duas pessoas no Complexo do Alemão, ou Trilha do Bope, por onde o mundo assistiu à fuga espetacular de traficantes quando da invasão da comunidade carioca. A oferta afirma uma redução de R$ 80 para R$ 29,90. Porém, representa um aumento de quase 100% sobre agosto quando, segundo moradores do local, o mesmo “passeio” custava R$ 15. Detalhe: sem direito a guia turístico. O bilhete do teleférico é vendido por R$ 1 ou R$ 2,80 (para quem usa a integração com a Supervia).

Palavra fácil
Além de exemplo de bom jornalismo, como mostra sua profícua trajetória de 70 anos de profissão, Luiz Mendes tinha característica rara: numa categoria que, anteriormente aos anos 90, convivia com forte polarização ideológica, jamais foi alvo de alguma crítica profissional que tivesse como alvo comportamento antiético. Neste momento em que Mendes sai de campo, esta coluna registra, além da sua correção profissional, a atenção e a disponibilidade que demonstrou ao prefaciar Os três tempo dos jogo – anonimato, fama e ostracismo – no futebol brasileira (Graphia), de um dos colunistas.

Tripla opção
Três pré-candidatos disputam a indicação para representarem o PSOL nas eleições para prefeito de São Paulo, em 2012: o deputado federal Ivan Valente, o deputado estadual Carlos Giannazi e o ex-vereador Odilon Guedes. Quem informa é o presidente estadual do partido em São Paulo, Miguel Carvalho.

Virou pó
O colapso da Bolsa, em 2008, cortou pelo menos 40% da riqueza que os norte-americanos com ações pensavam que possuíam. Combinado com o estouro da bolha imobiliária, as perdas significam, para 25% das famílias, um patrimônio que é metade do que “supunham” ter no ano da crise.

Artigo anteriorOcupado
Próximo artigoEngessadas
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

É hora de radicalizar

Oposição prioriza impeachment, mas sabe aonde quer chegar?.

Soja ameaça futuro do Porto do Açu

Opção por commodities sobrecarrega infraestrutura do país.

Grande produtor rural não paga impostos

Agronegócio alia força política a interesses do mercado financeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Exportações de suco de laranja recuam 23% entre julho e dezembro

Safra menor e estoques mais elevados estão entre as principais razões para a baixa.

Os desafios para Joe Biden nos EUA

Avanço da Covid-19 pode fazer com que democrata e equipe tenham que apagar alguns incêndios no começo do mandato.

Mercados sobem em véspera do Copom

Campos Neto, presidente do BC, participa da primeira sessão da reunião do Copom.

Mercados locais sobem seguindo Bolsas mundiais

Dia amanhece com tendência de alta para o mercado interno, seguindo NY na volta do feriado.

Contra tudo temos vacina

Dia promete ser de mais recuperação da Bovespa, dólar fraco e juros em queda.