Novo Fiat Cronos quer resgatar clientes do Siena

Preços variam entre R$ 74.790 (1.0 manual) e R$ 93.490 (Precision 1.3 AT).

Já aguardada pelo mercado há alguns meses, finalmente a Fiat divulga as novidades da linha 2023 do Cronos. O visual praticamente não mudou. O que o sedã compacto tem como principais novidades são motores, transmissão automática e bom consumo, atributos importantes para que substitua o finado Grand Siena.

O novo Cronos estreia na linha 2023 o câmbio automático tipo CVT com 7 velocidades simuladas associado ao motor 1.3 Firefly de até 107 cv de potência. Um dos apelos de marketing será seu bom consumo: chega a 13,4 km/l com gasolina na estrada.

O Fiat Cronos também passa a contar com o motor Firefly 1.0 aspirado de até 77 cv sempre associado ao câmbio manual de 5 velocidades. O consumo na estrada com gasolina chega a 14 km/l, segundo a montadora.

No visual, o que mais muda é a grade: nova colmeia interna e dois frisos horizontais, além de novas opções de rodas e calotas para todas as versões. No interior, o novo volante é o mesmo do Pulse e novo Argo.

O Cronos está disponível em 4 versões com preços entre R$ 74.790 (1.0 manual) e R$ 93.490 (Precision 1.3 AT) – os valores podem variar conforme o ICMS de cada estado.

Kia Sportage (foto divulgação Kia)

Kia Sportage agora vem com motor híbrido-leve

Em nova fase no mercado, a Kia lança o novo Sportage. A 5ª geração do SUV, agora importada da Eslováquia, recebe design totalmente renovado.

A frente está mais ousada, com DRL em destaque no formato bumerangue e grandes faróis, junto com a ampla grade em formato colmeia. A traseira ficou mais harmoniosa e moderna, com o novo logotipo da marca estapado ao centro da tampa do porta-malas.

O Sportage está 3 cm maior em comprimento (4,51 m) em relação à geração anterior e com distância entre os eixos ligeiramente superior (1 cm) indo para 2,68 m. O bagageiro acomoda 562 litros de volume.

Outra novidade importante no SUV é a motorização. O novo Kia Sportage passa a vir equipado com um sistema híbrido-leve. O motor 1.6 turbo de injeção direta atua junto com uma bateria de 48 volts, que adiciona mais potência e torque ao veículo e torna o sistema mais eficiente, auxiliado pelo câmbio automatizado de dupla embreagem e sete marchas. Ele entrega 180 cv de potência e 27 kgfm de torque.

De acordo com o Inmetro, o novo Sportage consome 11,5 km/l de gasolina na cidade e 12,1 km/l na estrada.

Disponível em duas versões, custa R$ 219.990 na versão EX e R$ 254.990 na EX Prestige. Ambos vêm equipados com um bom pacote de itens de conforto e de assistência em segurança.

 

Nissan lança serviço de assinatura de carros

Os veículos por assinatura, aos poucos, ganham mercado. A opção de “usar em vez de ter propriedade” é preferência de 8% de consumidores no universo da locação. No total de 1,077 milhão de veículos na frota de locadoras, 86 mil eram por assinatura, segundo dados do setor de 2021.

Várias montadoras já possuem programas de assinatura (Volks, Fiat, Jeep, Renault, Mitsubishi, Ford e Toyota) e agora é a vez da Nissan lançar o programa Move, para qualquer modelo zero km da marca.

Em uma primeira fase, o serviço estará em 9 cidades: São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre, Joinville, Goiânia, Vitória, Macaé e Salvador. A oferta será ampliada em breve para mais cidades e estados.

Fazem parte todos os veículos de seu lineup: Kicks, Nova Frontier, Versa e o novo Leaf. A assinatura inclui IPVA, seguro, revisões e assistência 24 horas. Os planos são de 12, 18, 24 e 36 meses, com franquias de 1 mil, 1.500 ou 2 mil km (exceto 36 meses).

Entre os valores, a Nissan dá como exemplos um Versa Sense CVT por 24 meses com até 1 mil km por mês, tem parcelas de R$ 2.409. Um Kicks Advance CVT custará R$ 2.889 mensais por 36 meses e 1 mil km por mês de franquia. Um elétrico Leaf parte de R$ 5.349.

A quilometragem é aferida no fim do plano. Ou seja, um carro que tem franquia de 1 mil km por mês por 12 meses deve ser devolvido com até 12 mil km rodados. O seguro tem opção de franquia e de proteção financeira (em caso de desemprego ou algum imprevisto), as parcelas fixas (sem reajuste) e há opção de renovação antecipada por outro veículo Nissan.

Lucia Camargo Nunes
Economista e jornalista especializada no setor automotivo. [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Jurançon e seus encantadores vinhos brancos

Doces e secos com equilíbrio ímpar dulçor/acidez e envolvente perfil aromático.

Ameaça de demissões expõe crise na Saúde

Piso de menos de 4 SM para enfermagem revela desvalorização.

O que já sabemos sobre o novo SUV Fastback

Modelo será posicionado acima do Pulse

Últimas Notícias

Dívida do Rio cairá para menos da metade se corrigida pelo IPCA

Alerj vai ao STF para recompor perdas com ICMS dos combustíveis e energia.

Cinco gigantes estatais chinesas abandonam Bolsa de Nova York

Anúncio ocorre em meio a tensão entre China e EUA; ações seguirão negociadas em Hong Kong e Xangai.

Desemprego cai em 22 das 27 unidades da federação

Tocantins teve maior recuo no segundo trimestre do ano.

TCU encontra brechas na segurança de informação federal

Equipamentos pessoais constituem risco de entrada para ataques.

Brasilux entra no mundo do metaverso

Empresa cria evento com a apresentadora Renata Fan em auditório virtual.