Novo mínimo: R$ 1.100. Não dá para comprar duas cestas básicas

O aumento do valor do mínimo de 2020 (R$ 1.045,00), para esse ano, foi de 5,26% (R$ 55).