Novo Territory chega recheado e competitivo

90
Ford Territory

Do antigo, só ficou o nome. A Ford está lançando no Brasil a nova geração do Territory, um SUV de 5 lugares, importado da China.

Com nova plataforma, novo design e motor renovado, o Territory está maior. Vem equipado com um motor turbo de 169 cv movido a gasolina, acoplado à transmissão de dupla embreagem de 7 velocidades.

O interior conta com duas telas de 12,3” cada, uma para o cluster e outra para multimídia, conexão sem fio e carregador wireless, assentos dianteiros elétricos e ventilados, revestimento de couro sintético, 3 portas USB-A e 1 USB-C, e teto solar panorâmico, entre outros itens.

O banco traseiro conta com espaço de sobra (2,72 m de entre-eixos) e o porta-malas acomoda 448 litros.

Espaço Publicitáriocnseg

Com preço competitivo de R$ 209.990, tem como principais concorrentes os Jeep Compass e Commander, que são mais caros.

A manutenção do nome se deve a uma decisão estratégica: a Ford considera que seja mais fácil trabalhar com uma nomenclatura já conhecida do que trocar de nome e recomeçar do zero. Em outros mercados, este SUV é chamado de Equator Sport.


Para se manter viva, Volks renova Saveiro

A 5ª geração da Saveiro recebeu uma leve reestilização: são novos os para-choques, faróis, grade e lanternas. O interior recebeu novos acabamentos e bancos.

Volkswagen Saveiro

O portfólio conta com 4 versões: duas de cabine simples, Robust (R$ 95.770) e Trendline (R$ 101.490), e duas de cabine dupla, porém de 2 portas: Robust CD (R$ 109.710) e Extreme (R$ 114.580).

Todas são equipadas com motor flex 1.6 de até 116 cv, com câmbio manual de 5 velocidades. Entre as novidades, todas vêm com controle de estabilidade, assistente de partida em subida, luzes diurnas e alerta de cinto de segurança.

A reestilização sem grandes investimentos é uma forma de manter uma sobrevida à Saveiro diante da massiva liderança da Strada (71% de share, ante 29% da picape Volks) no segmento de picapes pequenas.

Uma nova picape totalmente nova da Volks só deve surgir em 2025 ou 2026; aí sim, em uma plataforma que lhe dê condições de brigar de igual para igual com a Fiat.


GMW Lança o Ora 03, seu elétrico anti-Dolphin

A chinesa GWM contra-ataca a conterrânea BYD, que faz sucesso com o elétrico Dolphin (R$ 149.990), e lança a pré-venda do Ora 03, um compacto 100% elétrico que custa a partir de R$ 150 mil.

GMW Ora 03

A novidade só chega às lojas em dezembro, nas versões Skin (com bateria de 48 kWh e autonomia de 310 km pela medição WLTP) e GT (de 63 kWh e 400 km de alcance), por R$ 184 mil.

Ambos trazem motor de 171 cv e 26 kgfm de torque imediato. Medem 4,23 metros de comprimento e trazem rodas de 18”.

O espaço interno é generoso, com entre-eixos de 2,65 m. O porta-malas acomoda 228 litros. Por isso, a proposta do GMW Ora 03 é ser o segundo carro da família, de vocação urbana.


Inmetro atualiza tabela de consumo

O Inmetro atualizou a tabela do Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE Veicular 2023) com 12 lançamentos, com destaque para a entrada de sete modelos elétricos.

Entre eles, o BYD Seal, Hyundai Kona EV, Volvo C40 P8, Volvo XC40 P8 e Volkswagen ID.4 Pro Performance. Há ainda híbridos, como Hyundai Kona HEV 1.6, e Volvo XC90 T8 plug-in, e modelos a combustão: Chevrolet S10 Midnight 2.8 16V e Porsche 911 Turbo, entre outros.

Com as atualizações, a tabela do PBEV 2023 passa a ter 896 modelos, entre os quais 96 são elétricos.


Caoa anuncia R$ 3 bilhões de investimento em Goiás

A Caoa anunciou um novo plano de investimento em sua planta de Anápolis (GO), com a injeção de R$ 3 bilhões para os próximos 5 anos e abertura de 800 empregos diretos. Estiveram presentes no evento o vice-presidente da República, Geraldo Alckmin, e o vice-governador de Goiás, Daniel Vilela.

O objetivo é ampliar a produção dos veículos Caoa Chery, em especial do modelo Tiggo 5X Sport, que terá sua capacidade aumentada em 150%. “Somos uma empresa nacional e acreditamos no Brasil. Vamos continuar investindo em novos produtos, renovação dos atuais, além da introdução de novas tecnologias de eletrificação”, disse Carlos Alberto de Oliveira Andrade Filho, presidente da Caoa.

O projeto prevê também a manutenção de investimentos nas áreas de marketing e pós-venda da Caoa, com ampliação da rede de concessionárias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui