NRF 2024 apresenta avanços em IA e Retail Media

NRF 2024 destaca IA e Retail Media: avanços no varejo mundial.

33
NRF 2024
foto: divulgação

O ano começou com uma imersão em informações e dados no maior evento de varejo do mundo, a NRF Retail’s Big Show, que nesta edição apresentou tendências que irão impactar e refletir no cenário varejista mundial ao longo de 2024. A representatividade do evento se reflete em números: são mais de 40 mil participantes, 6.200 marcas, 100 países, 190 palestras, 450 palestrantes e 1.000 expositores, tornando a NRF referência mundial. A feira é realizada há mais de 100 anos em Nova York, nos Estados Unidos, sempre no mês de janeiro.

Mas a edição deste ano, diferentemente do ano passado, quando os debates giraram em torno de temas como macroeconomia, inflação e estratégia de motivação, discutiu o futuro do varejo, com destaque para a Inteligência Artificial (IA) aliada à eficiência operacional e o Retail Media – estratégia de marketing que possibilita às marcas publicarem seus anúncios em espaços varejistas.

Vale lembrar que essa é uma forma lucrativa e inteligente das redes varejistas monetizarem um tesouro valioso: os dados dos clientes que possuem, ajudando as marcas a identificarem seu público-alvo e que têm maior possibilidade de adquirir seus produtos. Esses temas já estão no radar da Asserj, pois são transformações importantes dentro do setor.

Ao longo do evento, as discussões sobre IA se aprofundaram e se direcionaram para a forma como os varejistas encaram essa nova ferramenta para impulsionar sua eficiência operacional; esta última acabou ganhando espaço e os holofotes nos debates. É importante que as empresas e o varejo avaliem a implantação de soluções baseadas em IA para reduzir custos, aumentar a satisfação dos clientes e melhorar a experiência do consumidor.

Espaço Publicitáriocnseg

Por outro lado, já é possível prever futuros debates sobre a integração contínua da IA para compreender e antecipar os desejos do consumidor. Indo além, a personalização alcançada moldará a experiência do cliente, fortalecendo laços emocionais e impulsionando o crescimento do varejo.

Já as conversas sobre Retail Media revelaram uma mudança significativa na forma como as marcas encaram a publicidade dentro do ambiente de varejo. Agora, o objetivo é buscar uma abordagem mais direta e eficaz, maximizando a receita por meio de ativações durante o tour de compras.

Apesar das discussões terem focado na necessidade de monetizar os espaços de venda, físico ou não, os varejistas já perceberam o valor do momento da compra. Agora, é necessário aprimorar o modelo de exploração do ativo e encontrar maneiras de capitalizar esse espaço, tornando um diferencial em receita extra. Dessa forma, avalio que o setor supermercadista não pode perder de vista os avanços que estão ocorrendo; precisamos surfar essa onda de forma a aprimorar nossas técnicas e cativar ainda mais nossos clientes.

Fábio Queiróz é presidente da Associação de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro (Asserj) e primeiro vice-presidente da Associacion de Las Américas de Supermercados (Alas).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui