Número de atingidos por fome na América Central quadruplica

As taxas de insegurança alimentar subiram 400% em El Salvador, Guatemala, Honduras e Nicarágua desde 2018. A região precisa de mais de US$ 47 milhões para socorrer 2,6 milhões de pessoas nos próximos seis meses segundo o Programa Mundial de Alimentos (PMA), agência da ONU.

Em pouco mais de dois anos, o total de afetados disparou de 2,2 milhões para os atuais 8 milhões. As quatro nações centro-americanas vivem crises econômicas provocadas pela Covid-19 e eventos climáticos. Cerca de 1,7 milhão de pessoas estão na categoria de “emergência” de insegurança alimentar, que requer assistência urgente.

Uma das causas do agravamento da crise foi a temporada recorde de furacões no Atlântico, no ano passado. Em novembro, o Eta e o Iota afetaram cerca de 6,8 milhões de pessoas que, na maioria, perderam suas casas e meios de subsistência.

Pouco antes dos furacões, a região era marcada por perdas de postos de trabalho causadas pela Covid-19 afetando famílias em Honduras, na Guatemala e em El Salvador.

Leia mais:

Exportação de trigo para árabes foi recorde em janeiro

Segregação mais que dobrou mortes por Covid nos EUA

Venezuela pode substituir Texas no fornecimento de gás ao México

Artigos Relacionados

Biden quer estados priorizando vacinação de professores

Presidente americano pediu que educadores recebam pelo menos uma dose de vacina.

Vendas do comércio encerraram ano com baixa histórica de 12,2%

Serasa diz que veículos, motos e peças foram os responsáveis por baixa do índice; para ACSP fevereiro apontou tendência de maior movimentação em São Paulo.

Automóveis: falta de produtos faz venda despencar em fevereiro

Desestruturação na cadeia global de suprimentos, por conta da pandemia, obstrui fornecimento regular de produtos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Quatro conselheiros da Petrobras decidem deixar o cargo

Eles são representantes da União no Conselho da empresa, petrolífera divulgou nota ontem à noite.

Biden quer estados priorizando vacinação de professores

Presidente americano pediu que educadores recebam pelo menos uma dose de vacina.

PEC fiscal e lockdown ficam no radar em dia de PIB

Em Nova Iorque, as pressões dos treasuries e a queda das companhias de tecnologia tiveram forte impacto nas Bolsas.

Planta da BRF é habilitada a exportar empanados para Omã

Companhia informou que sua unidade de Toledo foi habilitada pelo governo do país árabe a exportar empanados de frango.

Migrantes detidos no México sofrem com pobreza e violência

Cerca de 70 mil pessoas ainda estão em situação de vulnerabilidade extrema, segundo Médicos Sem Fronteiras.