Números do presidente da Eletrobras mostram: não é preciso privatizar

Empresa está ‘equilibrada’, ‘registra lucros’ e pode investir R$ 95 bilhões.

Em audiência pública virtual promovida pelo BNDES sobre o processo de desestatização da Eletrobras, o presidente da estatal de energia elétrica, Rodrigo Limp Nascimento, afirmou que um dos principais motivos para o processo de capitalização da companhia é ampliar a sua capacidade de investimentos. Os argumentos apresentados por Limp, porém, vão no sentido inverso.

Segundo ele, a reestruturação da estatal desde 2016 compreendeu uma grande redução de custos, venda de ativos deficitários e renegociação de dívidas. “Hoje temos uma empresa equilibrada, com boa geração de caixa, que registra lucros constantemente.”

O executivo admitiu que o planejamento estratégico da estatal prevê que, sem a privatização, a Eletrobras poderá investir cerca de R$ 95 bilhões até 2035. Com a capitalização – venda de ações da empresa, levando à perda do controle acionário pelo Estado – esses investimentos chegam à casa de R$ 200 bilhões.

Os recursos dariam uma média de R$ 15,4 bilhões por ano. A Eletrobras, sem precisar recorrer a venda de ações, já investiu perto disso sozinha. Em 2014, os investimentos alcançaram R$ 11,4 bilhões. Desde 2017, com a tomada de poder por Michel Temer, a estatal vem sendo asfixiada, e houve forte redução dos investimentos. Em 2020, foram apenas R$ 3,1 bilhões. No ano passado, até o terceiro trimestre, foram R$ 2,5 bilhões.

“A gente entende que é muito aquém do que pode e deve investir a Eletrobras”, afirmou o executivo. “É um ponto fundamental, retomar a capacidade de investimento, voltar a ter capacidade de participar dos leilões, investir no mercado livre de energia”, atestou Limp.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Índice de Preços ao Produtor (IPP) sobe 1,83% em maio

Das 24 atividades analisadas, 21 tiveram alta de preços

Pedidos de empréstimos recuam e cartão continua vilão

Segmento teve queda de 8,3% no mês de maio.

Estados reduzem ICMS, mas dólar pode elevar combustíveis

Ao menos 11 governos anunciaram queda do imposto.

Últimas Notícias

Diminuem os homicídios, mas ainda há muito a se fazer

Por Dirceu Cardoso Gonçalves.

Ford Brasil: Centro global de exportação de serviços de engenharia

Projetos de ponta voltados ao futuro da mobilidade, como veículos elétricos, autônomos e conectados. 

Senado vai analisar vetos na Lei Aldir Blanc

Existe uma fila de 36 vetos aguardando votação dos senadores e deputados

Caixa: desconto de até 44% para regularizar penhor em atraso

As unidades com serviço de penhor disponível podem ser consultadas no site da Caixa

Índice de Preços ao Produtor (IPP) sobe 1,83% em maio

Das 24 atividades analisadas, 21 tiveram alta de preços