O AI-5 e a mordaça na música popular

Está sendo lançado nesta terça-feira (14), às 19, o livro “Mordaça: História de Música e Censura em Tempos Autoritários”, na Livraria da Travessa do Shopping Leblon. Nele, os jornalistas e escritores João Pimentel e Zé McGill mostram que a censura, moral ou política, sempre existiu no Brasil. O autoritarismo, em seu grau maior, tem como cenário o Ato Institucional 5 (AI-5), que marcou terrível fase de censura na história do Brasil. A partir de então, os autores ouviram intérpretes e compositores que deixaram na música popular o protesto contra a mordaça no pensamento livre.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Teoria econômica é tema de workshop gratuito

Trazer novas contribuições das atuações em seus respectivos campos de pesquisa

Karla Sabah lança ‘On A Clear Day (You Can See Forever)’ no dia 2/6

Lançamento acontecerá nas plataformas e no YouTube.

15 anos de Estética In Rio

Setor continua sendo um dos mais indicados para investimentos 2022.

Últimas Notícias

Leega lança solução de inteligência de dados marketing das empresas

Marketing Analytics combina arquitetura Cloud, engenharia de dados e machine learning.

Qyon Tecnologia planeja crescer 65% em 2022

Marca deve fechar ano com cerca de 100 franquias.

XP amplia crescimento do PIB para este ano

Elevou a projeção de 0,8% para 1,6%

Perfil de risco visto pelas corretoras

Uso do Questionário de Perfil de Investidor, chamado de suitability, que tem como função identificar seu apetite de risco

Diretor do Grupo Nubank cumpre novo mandato na Anbima

Permanecerá na vaga de conselheiro titular reservada à Anbima no Conselho de Recursos do Sistema Financeiro Nacional