O feitiço se volta contra os feiticeiros

No fim de semana, com exagerada discrição, foi noticiado que o advogado responsável pelo maior número de...

No fim de semana, com exagerada discrição, foi noticiado que o advogado responsável pelo maior número de colaborações premiadas na Lava Jato também é alvo de delatores. Figueiredo Basto é acusado pelos doleiros Vinicius Claret, o Juca Bala, e Cláudio Barbosa, o Tony, de ser o intermediário de mesada de US$ 50 mil (quase R$ 200 mil) a fim de garantir para seus clientes “proteção” da Polícia Federal e do Ministério Público. O MP Federal no Paraná disse que qualquer declaração de colaboradores deve ser apurada. A Polícia Federal não se manifestou sobre o caso. Nem os integrantes da força tarefa da Lava Jato.

A delação vem se somar à denúncia feita pelo ex-advogado (para o MP, operador) da Odebrecht Rodrigo Tacla Durán. Ano passado, ele acusou o advogado de Curitiba Carlos Zucolotto, amigo do juiz Sergio Moro, de negociar uma redução na multa de US$ 15 milhões para fechar acordo de delação. O valor cairia para US$ 5 milhões, que iriam para uma conta bancária em Andorra.

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, denunciou este ano, em plenário: “Estão escolhendo advogados para a delação, ou aqueles que não poderiam sê-lo”. GM citou especificamente “Dr. Castor” (Rodrigo Castor de Mattos, irmão de procurador da Lava Jato Diogo Castor de Mattos), o que levou o ministro Luiz Fux a pedir que fosse instaurado, pelo MPF, procedimento sobre o caso.

Pelo padrão da Lava Jato, toda a força tarefa já deveria estar detida. Aliás, por muito menos, vários empresários e petistas foram presos. Além das delações, sobram mais que convicções: não será difícil chegar a provas, se o caso for investigado e confirmado. O juiz Sergio Moro deveria se autotrancafiar, porque, afinal, pela teoria do domínio do fato, ele deveria saber de tudo.

 

Doutores

O título de doutor honoris causa que o juiz Sergio Moro recebeu nos Estados Unidos foi concedido pela University of Notre Dame, uma instituição da segunda divisão: é apenas a 216ª colocada no prestigiado QS World University Ranking (a USP é a 121ª).

Lula, que coleciona mais de 34 títulos (um da Universidade de Lausanne, 146ª no ranking), não aceitou receber as honrarias enquanto estivesse na Presidência da República.

Em 9 de abril passado, dois dias após ser preso, foi homenageado com outro título, desta vez da Universidad Nacional de Rosario, na Argentina. Como forma de protesto, o título foi concedido mesmo na ausência do ex-presidente.

 

Nada a perder

Noticia o britânico The Guardian: o filme sobre a vida do bispo Edir Macedo é campeão de bilheterias, mas as salas de cinema que o exibem estão vazias. É o “milagre” da distribuição de ingressos aos fiéis.

 

Democratas

O governo brasileiro – do alto do seu zero voto – se nega a reconhecer a eleição na Venezuela.

 

Rápidas

A FGV EPGE realizará nesta terça-feira a palestra “Fake news no contexto internacional”, com o cônsul-geral da Alemanha no Rio de Janeiro, Klaus Zillikens. Inscrições: www.fgv.br/eventos/?P_EVENTO=3866&P_IDIOMA=0 *** Preços, oferta e demanda de GNL serão debatidos no I Fórum EUA-Américas de GNL, realização da FGV Energia, nesta quarta-feira. Inscrição: www.fgv.br/eventos/?P_EVENTO=3822&P_IDIOMA=0 *** A FMP/Fase realiza a Semana de Administração e Recursos Humanos, em Petrópolis, desta terça até quinta-feira *** Dia 27 de maio acontece mais um Encontro de Autos Antigos do Antigomobilistas da Vila da Penha no Carioca Shopping *** No mesmo dia, Jacarepaguá (RJ) receberá a 4ª edição da Feira de Empreendedores Sustentáveis, das 12h às 22h, na Praça Candido da Silva Mendes, na Taquara *** A Clinica Leve Saúde, na Tijuca (RJ), realizará em 7 de junho, às 10h, um encontro gratuito sobre a saúde do idoso. Inscrições pelo telefone (21) 3952-4800 *** A Mosaico University está promovendo uma segunda turma do curso de blockchain no Direito, desta vez no Ibmec, no próximo dia 26. Inscrições: www.mosaicouniversity.com/treinamentos/blockchain-no-direito *** O Carioca Shopping receberá, de 25 a 27 de maio, a segunda edição do ano da Mostra de Orquídeas *** A NtechLab, empresa russa que desenvolve tecnologias de reconhecimento facial em tempo real, implantou seus sistemas no Leto Shopping Mall, um dos maiores da Rússia *** 3 de junho é o Dia do Profissional de RH.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Moeda chinesa na mira dos bancos centrais

Participação como reserva internacional ainda é baixa… por enquanto.

Bolsonaro comanda pior resposta à pandemia da AL

Para formadores de opinião, Brasil foi pior até que a estigmatizada Venezuela.

Cem anos de Celso Furtado

A atualidade de um dos mais importantes intelectuais do planeta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Lei do Superendividamento favorece negociação e cobrança humanizada

Início das multas no contexto da LGPD também deve frear a oferta de crédito a quem não pode pagar.

Mercado de fertilizantes especiais cresce 41,8% em 2020

Neste ano, a expectativa é de que o setor obtenha uma nova elevação de 24%.

Consumo nos setores de turismo e diversão cresce em junho no Rio

O consumo das classes C e D no Brasil recuou 5% em junho, depois de ter subido 8% em maio, de acordo com a...

População de países emergentes fica ainda mais pobre

Perda de renda foi 2x maior que nas nações ricas.

Pagamento indevidos: TCU encontra 11% de inconsistências no INSS

‘Falhas afetam a confiabilidade do banco de dados’ de benefícios previdenciários.