O feitiço se volta contra os feiticeiros

No fim de semana, com exagerada discrição, foi noticiado que o advogado responsável pelo maior número de colaborações premiadas na Lava Jato também é alvo de delatores. Figueiredo Basto é acusado pelos doleiros Vinicius Claret, o Juca Bala, e Cláudio Barbosa, o Tony, de ser o intermediário de mesada de US$ 50 mil (quase R$ 200 mil) a fim de garantir para seus clientes “proteção” da Polícia Federal e do Ministério Público. O MP Federal no Paraná disse que qualquer declaração de colaboradores deve ser apurada. A Polícia Federal não se manifestou sobre o caso. Nem os integrantes da força tarefa da Lava Jato.

A delação vem se somar à denúncia feita pelo ex-advogado (para o MP, operador) da Odebrecht Rodrigo Tacla Durán. Ano passado, ele acusou o advogado de Curitiba Carlos Zucolotto, amigo do juiz Sergio Moro, de negociar uma redução na multa de US$ 15 milhões para fechar acordo de delação. O valor cairia para US$ 5 milhões, que iriam para uma conta bancária em Andorra.

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, denunciou este ano, em plenário: “Estão escolhendo advogados para a delação, ou aqueles que não poderiam sê-lo”. GM citou especificamente “Dr. Castor” (Rodrigo Castor de Mattos, irmão de procurador da Lava Jato Diogo Castor de Mattos), o que levou o ministro Luiz Fux a pedir que fosse instaurado, pelo MPF, procedimento sobre o caso.

Pelo padrão da Lava Jato, toda a força tarefa já deveria estar detida. Aliás, por muito menos, vários empresários e petistas foram presos. Além das delações, sobram mais que convicções: não será difícil chegar a provas, se o caso for investigado e confirmado. O juiz Sergio Moro deveria se autotrancafiar, porque, afinal, pela teoria do domínio do fato, ele deveria saber de tudo.

 

Doutores

O título de doutor honoris causa que o juiz Sergio Moro recebeu nos Estados Unidos foi concedido pela University of Notre Dame, uma instituição da segunda divisão: é apenas a 216ª colocada no prestigiado QS World University Ranking (a USP é a 121ª).

Lula, que coleciona mais de 34 títulos (um da Universidade de Lausanne, 146ª no ranking), não aceitou receber as honrarias enquanto estivesse na Presidência da República.

Em 9 de abril passado, dois dias após ser preso, foi homenageado com outro título, desta vez da Universidad Nacional de Rosario, na Argentina. Como forma de protesto, o título foi concedido mesmo na ausência do ex-presidente.

 

Nada a perder

Noticia o britânico The Guardian: o filme sobre a vida do bispo Edir Macedo é campeão de bilheterias, mas as salas de cinema que o exibem estão vazias. É o “milagre” da distribuição de ingressos aos fiéis.

 

Democratas

O governo brasileiro – do alto do seu zero voto – se nega a reconhecer a eleição na Venezuela.

 

Rápidas

A FGV EPGE realizará nesta terça-feira a palestra “Fake news no contexto internacional”, com o cônsul-geral da Alemanha no Rio de Janeiro, Klaus Zillikens. Inscrições: www.fgv.br/eventos/?P_EVENTO=3866&P_IDIOMA=0 *** Preços, oferta e demanda de GNL serão debatidos no I Fórum EUA-Américas de GNL, realização da FGV Energia, nesta quarta-feira. Inscrição: www.fgv.br/eventos/?P_EVENTO=3822&P_IDIOMA=0 *** A FMP/Fase realiza a Semana de Administração e Recursos Humanos, em Petrópolis, desta terça até quinta-feira *** Dia 27 de maio acontece mais um Encontro de Autos Antigos do Antigomobilistas da Vila da Penha no Carioca Shopping *** No mesmo dia, Jacarepaguá (RJ) receberá a 4ª edição da Feira de Empreendedores Sustentáveis, das 12h às 22h, na Praça Candido da Silva Mendes, na Taquara *** A Clinica Leve Saúde, na Tijuca (RJ), realizará em 7 de junho, às 10h, um encontro gratuito sobre a saúde do idoso. Inscrições pelo telefone (21) 3952-4800 *** A Mosaico University está promovendo uma segunda turma do curso de blockchain no Direito, desta vez no Ibmec, no próximo dia 26. Inscrições: www.mosaicouniversity.com/treinamentos/blockchain-no-direito *** O Carioca Shopping receberá, de 25 a 27 de maio, a segunda edição do ano da Mostra de Orquídeas *** A NtechLab, empresa russa que desenvolve tecnologias de reconhecimento facial em tempo real, implantou seus sistemas no Leto Shopping Mall, um dos maiores da Rússia *** 3 de junho é o Dia do Profissional de RH.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Juntar 2 meses e meio de auxílio para comprar cesta básica

Não só a pandemia, mas inflação é ameaça às pretensões de Bolsonaro.

Se mirar Nordeste, Bolsonaro atingirá o próprio pé

Região tem menor média de casos e óbitos causados pela Covid.

Neodefensores do trabalhador ignoraram crise

Desemprego já era estratosférico em 2019, e apoiadores de Guedes nem ligavam.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

BC altera norma para segunda fase do open banking

Medida complementa regulamentação que estabelece requisitos técnicos de fase que vai permitir compartilhamento de dados e transações de clientes.

Confiança do consumidor medida por Michigan ficou abaixo do esperado

Índice registrou leitura de 86,5 na prévia de abril e o esperado era 89.

Escolha de conselheiros da ANPD preocupa por conflito de interesses

Entre os indicados há diretores e encarregados de dados pessoais de grandes empresas da internet.

Exterior abre em alta e futuros no Brasil operam com cautela

China atinge crescimento de 18,3%; na Europa, Índice de Preços ao Consumidor amplo de março teve avanço de 1,3% ao ano.

Estaleiro de SC investe meio milhão em linha de produção exclusiva

Estaleiro irá entregar até quatro vezes mais rápido e atender à crescente procura por embarcações novas.