O grande assalto à Petrobras

O assalto ao patrimônio da Petrobras cresce na mesma proporção em que abundam as denúncias contra integrantes do Governo Temer e seus sustentadores no Congresso. Não se trata de desvios e corrupção – embora muitos ministros estejam implicados na Lava Jato. Trata-se de impor à estatal uma perda milhares, milhões de vezes maior, vendendo ativos a preço de banana e retirando a empresa de negócios estratégicos para qualquer companhia de petróleo, limitando-a a produção e exploração. Mas a joia da coroa é o pré-sal, “provavelmente a mais excitante área no mundo para a indústria de petróleo”, na definição do presidente mundial da Shell, Ben van Beurden.

Artigo de Kenneth Rapoza (o nome é sugestivo), ex-correspondente do Wall Street Journal no Brasil de 2004 a 2010 e que atualmente cobre países emergentes para a revista Forbes, escancara o que a mídia brasileira trata com mais discrição. A começar pelo título: “A liquidação do século no Brasil”. Claro que trata da entrega do pré-sal às Quatro Irmãs, tarefa que no Senado coube ao atual ministro interino das Relações Exteriores, José Serra.

Segundo Rapoza, para as grandes petroleiras a lei é mais sexy que o Carnaval. Não, não é. É mais lucrativa, muito, muito mais.

Limitação

A Associação Nacional de Jornais (ANJ) divulgou nota em que “lamenta a iniciativa de juízes paranaenses de processarem por danos morais o jornal Gazeta do Povo e cinco dos seus repórteres em função de reportagem sobre a remuneração de integrantes do Poder Judiciário e do Ministério Público”.

A iniciativa conjunta, em diferentes locais do Paraná, tem o claro objetivo de intimidar, retaliar e constranger o livre exercício do jornalismo. É lastimável que juízes se utilizem de forma abusiva da Justiça, não com o intuito de reparar danos, mas de limitar o direito dos cidadãos a serem livremente informados. A ANJ espera que o próprio Poder Judiciário corrija essa distorção e assegure ao jornal, aos seus repórteres e aos seus leitores o pleno direito à informação, garantido pela Constituição.”

Bolivarianos

O Estadão publica que o presidente em exercício, Michel Temer, bloqueou R$ 8 milhões em publicidade que seria destinada a blogs e sites considerados pelos atuais ocupantes do Planalto aliados da presidente afastada Dilma Rousseff. A verba será direcionada a iniciativas de divulgação de “múltiplas opiniões”. São assim classificados o Observatório de Imprensa e o site Congresso em Foco.

Desconhece-se o critério de seleção, mas a distribuição de anúncios deveria ser pautada pela audiência e pelo público leitor que se pretende atingir. Qualquer outro critério pode ser definido com uma única palavra: censura.

Ah, o Estadão não disse, mas esta coluna faz questão de lembrá-lo: de 2000 a 2014, o jornalão paulista recebeu R$ 263 milhões em publicidade federal, média de R$ 17 milhões por ano.

Massa bruta

A partir do dia 1° de julho entram em vigor as normas sobre a determinação da massa bruta dos contêineres embarcados no território brasileiro. A Portaria 164, da Diretoria de Portos e Costas (DPC), assinada em 25 de maio, atende a resolução internacional, motivada por acidentes em navios porta-contêineres causados por informações equivocadas quanto à massa real dos equipamentos embarcados.

Foram ouvidas para a elaboração das normas no Brasil representantes de entidades como Syndarma, Centronave, Usuport RJ, ABTP, Abratec e ATP, além das públicas Antaq e Secretaria de Portos da Presidência.

Rápidas

O ministro Marcos Pereira, do Mdic, participa da posse de 70 servidores do INPI nesta quinta-feira. É um aumento de 36% do quadro atual de 193 examinadores de patentes. No fim de 2015, o prazo médio para análise de pedidos de patentes era de 10,9 anos *** Até 30 de julho, o Passeio Shopping (RJ) apresentará a exposição Das Voltas Que o Lixo Dá, que mostra reúne quadros da artista plástica Cida Manssur, elaborados apenas com elementos encontrados no lixo *** No dia 14 próximo, quem trabalha no Condomínio Américas Corporate, na Barra da Tijuca, vai ter a oportunidade de doar sangue para o Hemorio, que levará terá uma equipe de coleta externa das 10h às 15h, no centro de convenções. A iniciativa é para celebrar o Dia Mundial do Doador de Sangue e a expectativa é colher cerca de 100 bolsas *** Na próxima segunda-feira, a Associação Comercial de Santos (ACS) será sede da abertura do evento do Desenvolve SP, que será realizado até o dia 17, no Parque Tecnológico de Santos. O objetivo é oferecer linhas de financiamento para empreendedores da região. Mais informações: http://www.desenvolvesp.com.br *** O cantor sertanejo Danilo Faddoul estará no happy hour do Shopping Jardim Guadalupe (RJ) dia 10, a partir das 19h30 *** Gilsinei Valcir Hansen é o novo vice-presidente de Pesquisa & Desenvolvimento da Linx. Ele substitui Nercio José Monteiro Fernandes, fundador da companhia de informática, que fica como presidente do Conselho de Administração e assessor para temas de inovação.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

No privatizado Texas, falta luz no inverno e no verão

Apagões servem de alerta para quem insistem em privatizar a Eletrobras.

A rota do ‘Titanic’: ameaça de apagão não é de agora

‘Por incrível que pareça, no Brasil, térmicas caras esvaziam reservatórios!’

TCU confirma que União paga R$ 3,8 bi de juros e amortização por dia

Mais de ¼ dos títulos da dívida pública vencem em 12 meses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Objetos do Coração ajuda o Pró Criança Cardíaca

E-commerce que vende objetos para casa e decoração exclusivamente em formato ou com estampa de coração vai doar 10% da venda de produtos selecionados...

Empresa Fácil oferece estudo de viabilidade a novos empreendedores  

Sistema permite a emissão do Alvará Provisório em 24h.

Fatores comportamentais podem influenciar nos acidentes de trabalho

Psicóloga e uma assistente social e também técnica de segurança do trabalho criaram o jogo Conversa Segura.

Reclamações sobre serviços de telecom caem 28,4% em maio

O número de reclamações de usuários dos serviços de telecomunicações caiu 28,4% em maio de 2021 na comparação com maio do ano passado, segundo...

EMS explica faturamento com o ‘kit Covid’

farmacêutica brasileira EMS informou à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia que faturou R$ 142 milhões com medicamentos do kit Covid-19 em 2020,...