O Iêmen não está no mapa

Conflito já matou mais de 377 mil, sem sanções dos EUA.

Desde 2015, o conflito no Iêmen – tido pelo Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (Acnur) como “a maior crise humanitária do mundo” – já provocou mais de 377 mil mortes, sendo 60% delas resultado de fome, falta de saúde e água imprópria; 24,1 milhões de pessoas (80% da população) precisam de ajuda e proteção humanitária.

O conflito é tratado como guerra civil, mas envolve os houthis, que teriam apoio do Irã e dominam a maior parte do Iêmen – e os defensores do governo deposto de Abd Rabbuh Mansur Hadi, ele que chegara ao poder através de um golpe de estado. Hadi é apoiado pelas ditaduras da Arábia Saudita e dos Emirados Árabes, que se envolveram diretamente no conflito, bombardeando seguidamente o Iêmen, um dos países mais pobres do mundo árabe.

Apesar da gravidade do conflito, não passa pela cabeça de Joe Biden, presidente dos EUA, aplicar qualquer sanção às ditaduras árabes. Ao contrário, o Ocidente, sem grandes constrangimentos, realizou corridas de Fórmula 1 em Dubai e se prepara para a festa da Copa do Mundo no final do ano no Catar.

Diferentemente do conflito na Ucrânia, os interesses geopolíticos no Oriente Médio são outros.

 

Rumo dos portos

No momento em que o Brasil privatiza pela primeira vez um porto, com o leilão da Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa), realizado no último dia 30, ganha corpo o debate sobre os rumos do setor. O seminário virtual “Transporte Marítimo e Portos – aspectos jurídicos dos gargalos setoriais”, no próximo dia 12, debaterá aspectos como a volta do Reporto, o regime tributário especial que permite a suspensão do recolhimento de uma série de tributos, inclusive o Imposto de Importação (II), na compra de equipamentos para investimentos em projetos de ampliação e modernização de terminais portuários e ferrovias.

O evento é promovido pelo Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB), com coordenação do advogado Nilson Mello, e aberto ao público em geral mediante inscrições em iabnacional.org.br/eventos/iab

 

Submissão

Ao fazer autocrítica da construção do gasoduto Nord Stream 2, o primeiro-ministro alemão, Olaf Scholz, prioriza a geopolítica dos EUA e joga para escanteio os interesses da Alemanha. Fica mais fácil entender o crescimento da direita xucra na Europa, como Orbán e Le Pen.

 

Rápidas

A Abifina elegeu seu novo corpo de dirigentes para o biênio 2022-2024. Marcus Soalheiro, da Nortec, assume pela primeira vez como presidente da entidade. Um novo cargo não eletivo foi criado, o de presidente de Honra, a ser ocupado por Nelson Brasil de Oliveira *** O Banco Safra contratou Pedro Coutinho para expandir a Safrapay *** Nesta quinta-feira, às 7h, a equipe de empresários BNI Fiduciam realizará evento online aberto a todos os gestores cariocas interessados em expandir seus negócios. Informações: @bnifiduciamrj *** Nesta quinta-feira, às 10h, os advogados Cristovão Soares e Bruno Lopes, sócios do escritório Bosisio Advogados, participarão de um debate promovido pela ABEVD sobre marco regulatório trabalhista (Decreto 10.854/2021) e as novas regras do teletrabalho. Inscrições aqui.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Indústria naval apresenta propostas para eleições 2022

Setor quer deixar para trás maré ruim dos últimos 7 anos

A Rota dos Vinhos do Tejo

Degustação apresenta a riqueza e diversidade da histórica e ainda desconhecida produção.

Fiat lança furgão Scudo com motor turbodiesel ou elétrico

Veículo para a última fase de entrega de produtos.

Últimas Notícias

Café torrado, óleo de soja e leite UHT retraem em 2022

Cesta de bens de consumo massivo representará 37% da renda dos latino-americanos em 2022.

Safra de soja 2021/22 tem previsão de 126,18 mi de t

Estudo projeta 116,10 mi de t para as duas safras de milho.

China intensifica esforços para aliviar carga tributária das empresas

Os ministérios da China lançaram uma série de políticas de apoio, com o objetivo de manter as empresas e os negócios autônomos à tona, em meio à epidemia de COVID-19, com foco no corte de taxas e impostos.

Reservatórios fecham junho com o melhor índice em 10 anos

Período seco está iniciando o seu terceiro mês e afluências devem ficar abaixo da média na primeira semana de julho.

China lançará esquema de conexão de swap de juros Continente-HK

O banco central chinês, o Banco Popular da China (PBOC), anunciou na segunda-feira a aprovação de três instituições de infraestrutura financeira para desenvolver um esquema de acesso mútuo conectando os mercados de swap de taxas de juros do continente chinês e da Região Administrativa Especial de Hong Kong (HKSAR), informou Xinhua Finance nesta segunda-feira.