Ocupado

Irritado com a ausência do ministro da Fazenda, Guido Mantega, no 27° Encontro Nacional de Comércio Exterior (Enaex), o presidente da Associação Brasileira de Comércio Exterior (AEB), Benedito Moreira, ironizou as razões do ministro: “Deve estar muito ocupado em Brasília, criando mais impostos.”

AL em alta
“Os temas latino-americanos e do desenvolvimento voltaram a ocupar um papel protagonista na produção cientifica brasileira. É o reflexo, no plano intelectual, das mudanças em curso no plano político e, particularmente, do forte movimento pela integração regional.” Assim analisa Theotonio Dos Santos, presidente da Cátedra e Rede sobre Economia Global e Desenvolvimento Sustentável, patrocinadas pela Unesco e a Universidade das Nações Unidas.
Integrante do Conselho Editorial do MONITOR MERCANTIL, ele cita que o Livro do Ano do Prêmio Jabuti, não-ficção, foi a Enciclopédia Latino-americana, publicado pela Editora Boitempo de São Paulo. Já o prêmio de Economia e Administração foi para a coleção de ensaios de autores de toda a região sobre Celso Furtado e o século XXI, da editora UFRJ, em co-edição com a Manole. Theotonio colaborou com artigos e verbetes em ambas as publicações.

Conjuntura
Nesta segunda, o ex-governador paulista e ex-candidato tucano a presidente Geraldo Alckmin faz palestra na Associação Comercial do Rio de Janeiro sobre “Conjuntura Nacional”. Ele também receberá a Medalha Tiradentes concedida pela Alerj, projeto de autoria do deputado (hoje federal) Otávio Leite.

Visão
Cerca de 120 crianças da pré-escola da rede municipal de ensino de Campinas receberão, na terça-feira, óculos de correção visual. A iniciativa, parceria dos institutos Varilux da Visão e Penido Burnier, está em sua terceira edição e já beneficiou 736 crianças da região.

Infeliz coincidência
Do prefeito do Rio, Cesar Maia, mordaz, em seu Ex-blog: “Ontem (quinta-feira) estrearam os comerciais do PSDB: “O PT copiou e isso é bom para o Brasil.” Ontem o procurador-geral denunciou um senador do PSDB e um ministro de Lula!”

Promessas
Cerca de 800 pessoas articulados ao Fórum Nacional da Reforma Urbana (FNRU) vão participar da 3ª Conferência Nacional das Cidades, em Brasília, a partir deste final de semana, para cobrar do Governo Federal o cumprimento das promessas feitas em outubro, no Dia Mundial do Habitat. Entre os temas discutidos estão a destinação e controle dos recursos em habitação do PAC. O Brasil tem déficit de mais de 7 milhões de moradias.

“Tá fora”
São infundados os boatos que correm nos corredores do Ipea de que o economista Fábio Giambiagi abriria mão da interessante aposentadoria de cerca de R$ 20 mil a que faz jus no BNDES na flor dos seus 50 e poucos anos. Especialista na defesa dos cortes dos gastos públicos alheios, especialmente os previdenciários, Giambiagi é, digamos, mais heterodoxo ao tratar dos próprios direitos adquiridos ou privilégios – a depender do olhar do leitor.

Queda para cima
Transformado por certo tipo de mídia em símbolo da “caça às bruxas” aos economistas de mercado que acumulam salários generosos com a encomenda de pesquisas bem-remuneradas, Giambiagi teve recepção de tapete vermelho ao retornar ao BNDES. O perseguido economista recebeu o cargo de chefe de departamento, função bastante cobiçada no banco: “Haja perseguição!”, ironiza um funcionário do BNDES.

“Brazil”
Tão ou mais importante do que falar bem a própria língua é o sotaque do falante, que revela a que interesses seu dono serve.

Marcos de Oliveira e Sérgio Souto

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGato
Próximo artigoInflação descontrolada

Artigos Relacionados

Engie valerá R$ 2,5 bi a mais após acordo com Aneel

Semana passada, o Monitor noticiou que a proposta da Aneel de repactuação do risco hidrológico (GSF) deixaria a conta a ser paga pelo pequeno...

Apelo de Biden ao multilateralismo fica sem crédito

Na ONU, presidente dos EUA desmente mundo dividido em blocos rígidos.

Fintechs e bancos disputam quem cobra mais

‘Não temos vergonha de sermos bancos’, diz Febraban; mas deveriam.

Últimas Notícias

Indústria da hipertensão e diagnóstico por imagem movimentará R$ 22 bi

Foram realizados cerca de 55,6 milhões de procedimentos ambulatoriais e hospitalares.

Receita apreende mercadorias piratas avaliadas em R$ 1 milhão

Foram apreendidos na operação 170 volumes de mercadorias englobando videogames e acessórios, roteadores, entre outros.

Prorrogada a CPI dos royalties do Rio por 30 dias

Prorrogação do prazo se deve à complexidade da matéria e aos vários documentos requisitados que ainda estão sendo recebidos pela comissão.

Governo dos EUA se prepara para paralisação na semana que vem

Em outra frente de luta, líder democrata Nancy Pelosi anuncia acordo sobre pacote de Biden.

Alimentos são direito, não mercadoria, diz ONU

Três bilhões de pessoas não podem pagar uma dieta saudável.