Ofício da CVM orienta fundos de investimento

O documento aborda os efeitos dos limites de aplicação e diversificação previstos na regra.

A Superintendência de Supervisão de Investidores Institucionais da Comissão de Valores Mobiliários (SIN/CVM) divulgou um ofício circular para esclarecer dúvidas de administradores e gestores de Fundos de Investimento regulados pela Instrução CVM 555 a respeito da interpretação da área técnica sobre a definição de um ativo como doméstico ou do exterior. O Ofício Circular CVM/SIN 01/2021 pode ser acessado pelo link: http://conteudo.cvm.gov.br/legislacao/oficios-circulares/sin/oc-sin-0121.html

O documento aborda os efeitos dos limites de aplicação e diversificação previstos na regra. Segundo a CVM, ativos negociados no país, ainda que possam se referir, ser lastreados ou possuir fator de risco subjacente preponderantemente estrangeiro devem ser considerados como ativos domésticos, como, por exemplo, no caso dos ETFs ((Exchange Traded Funds), ou simplesmente fundos de índices que repliquem índices estrangeiros.

“Isso não impede que a própria norma estabeleça tratamento excepcional e particular para determinados ativos, como faz para os Brazilian Depositary Receipts (BDR) Nível I”, explica Daniel Maeda, Superintendente de Supervisão de Investidores Institucionais (SIN/CVM).

Na opinião de analistas, os ETFs pode ser uma alternativa para os investidores diversificarem a carteira de aplicações com custo menor. Esse tipo de fundo é mais conhecido no exterior do que no Brasil, mas por aqui começam a apresentar mais liquidez e atrair investidores.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Caixa registra recorde em crédito imobiliário

A Caixa Econômica Federal realizou mais de R$ 140 bilhões contratados ao longo de 2021, maior valor da história do banco, com crescimento de...

Conversa com Investidor: Mills (MILS3)

Por Marco Saravalle, estrategista-chefe da Sara Invest.

Ibovespa registra sessão volátil

Nesta terça-feira (18), o Ibovespa passou por uma sessão volátil, na qual chegou a operar acima dos 107 mil pontos, mas mostrou resiliência ao...

Últimas Notícias

Caixa registra recorde em crédito imobiliário

A Caixa Econômica Federal realizou mais de R$ 140 bilhões contratados ao longo de 2021, maior valor da história do banco, com crescimento de...

Vendas do Grupo Patrimar crescem 193,7 no 4T21

O Grupo Patrimar - construtora e incorporadora mineira que atua na baixa, média e alta renda em Belo Horizonte, no Rio de Janeiro e...

Vacina errada em mais de 57 mil crianças e adolescentes

Em meio à campanha de vacinação contra a Covid-19, 57,14 mil crianças e adolescentes em todo o país foram imunizados com doses para adultos...

Pandemia aumenta acesso da população a serviços bancários

Os bancos digitais aumentaram o acesso da população brasileira a produtos financeiros, com destaque para a parcela de baixa renda. Atualmente 19% dos brasileiros...

Moby fecha 2021 com crescimento de 26%

Apesar da pandemia, da crise econômica e da redução na fabricação de veículos, a Moby corretora de seguros conseguiu fechar o ano de 2021...