Ômicron se espalha pelo mercado financeiro

Bolsas caem com especulação sobre efeitos da nova variante.

Os principais mercados de ações despencaram nesta sexta-feira em meio a preocupações sobre a nova variante de Covid-19, denominada Ômicron, à qual os cientistas ainda não sabem se as vacinas existentes são eficientes. O primeiro caso da nova variante foi confirmado na Bélgica.

O índice de referência FTSE 100 do Reino Unido (RU) caiu 3,64%. O CAC 40 da França caiu 4,75%, e o DAX alemão despencou 4,15%. Nos Estados Unidos, os três principais índices derreteram: Dow Jones (DJIA) caiu 2,5%, S&P500, 2,3%, e Nasdaq, 2,2%. A Bolsa de Valores brasileira despencou 3,39%.

Entre as ações do mercado britânico, as do setor de aviação foram as mais atingidas, devido à decisão de vários países da Europa de proibir voos de vários países africanos, onde surgiu a Ômicron.

“A descoberta de uma nova variante no sul da África, com a aparente capacidade de escapar das vacinas e se espalhar mais rapidamente do que a variante Delta, abalou os mercados e turvou as perspectivas para a política monetária do Reino Unido”, disse um relatório emitido pela Oxford Economics, think tank do Reino Unido, citada pela agência de notícias Xinhua.

Ulrich Kater, economista-chefe do Dekabank citado pelo jornal alemão Handelsblatt, disse que o surgimento de uma variante contra a qual as vacinas existentes são ineficazes sempre foi o pior cenário absoluto nos mercados financeiros. Se isso acontecesse, os bloqueios seriam novamente esperados em vários países em todo o mundo.

A nova variante também pode causar mais interrupções na cadeia de suprimentos e fazer com que a inflação cresça em toda a Europa, colocando ainda mais pressão sobre as decisões de política monetária dos bancos centrais europeus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Rio ameaça ir à justiça para manter Plano de Recuperação Fiscal

Ministério da Fazenda não aceita reajuste para servidores.

Atividade econômica cresceu 0,69% em novembro

Segundo o BC, percentual daquele mês foi a prévia do Produto Interno Bruto.

Faixa etária de 18 a 24 anos cresce 204% entre MEIs

Pesquisa também identificou o fenômeno da 'pejotização', com contribuições tanto da reforma trabalhista de 2017 quanto da pandemia.

Últimas Notícias

Empregos na saúde ultrapassa 4,6 milhões

O número de pessoas empregadas na cadeia produtiva da saúde cresceu 0,6% entre agosto e novembro do ano passado ao atingir 4.652.588 de trabalhadores,...

RJ terá dificuldades de pagar R$ 92 bi à União

O Governo do Estado do Rio de Janeiro poderá encontrar dificuldades para cumprir o pagamento de R$ 92 bilhões devidos à União. Isso porque...

China reduz juros em empréstimo de médio prazo

O banco central da China reduziu nesta segunda-feira (17) as taxas de juros de seus empréstimos de médio prazo (MLF) e repôs reversos em...

Petrobras: recorde de produção no pré-sal em 2021

A Petrobras atingiu recorde anual de produção no pré-sal em 2021, ao alcançar 1,95 milhão de barris de óleo equivalente por dia (boed). Esse...

Médicos de SP mantêm greve na quarta-feira

Após se reunirem com o secretário municipal de Saúde de São Paulo, Edson Aparecido, na tarde desta segunda-feira, o Sindicato dos Médicos de São...