Onde estão os otorrinos?

Apenas 1 hospital da rede municipal do Rio conta com o profissional.

Um dos maiores problemas do sistema municipal de saúde do RJ é a falta de otorrinos. Apenas um hospital da rede tem o profissional, na emergência ou para consulta. Problema que precisa ser resolvido com urgência.

 

C6 Bank lança cartão da diversidade

Sem fazer barulho, o banco acaba de lançar o cartão Rainbow. Com o objetivo de promover uma cultura inclusiva, um em cada cinco cartões de crédito emitidos na semana passada trazia a pluralidade. Bravo!

 

Discotecas lotadas em Portugal

Na última fase do levantamento das restrições, como dizem os portugueses, Portugal liberou as casas noturnas. O que se viu foi preocupante: filas enormes de até duas horas, com aglomeração, e máscara nem pensar. Como diz um amigo brasileiro que mora em Lisboa, “somos muito parecidos”.

 

Coronovac em Portugal

Brasileiros e portugueses que foram vacinados com a Coronavac não estão conseguindo registrar a vacina no sistema português e não conseguem tomar a terceira dose, já que ninguém sabe como proceder. Autoridades portuguesas, que tal buscar uma solução?

 

Música no Museu retorna ao presencial

Em homenagem ao Dia da Criança, Música no Museu realiza o evento “Roda da Criança”, dia 9 de outubro, às 11 horas, no Parque das Ruínas.

 

De volta às origens

Guilherme Salgueiro Borges está novamente ocupando o cargo de concierge no Sheraton Rio.

 

Solidariedade em Icaraí

Com uma população de rua cada vez maior, no bairro, pedindo esmola, a professora Cecilia Freitas criou a árvore do pão, onde pendura pães franceses frescos, diariamente, na Rua Alvares de Azevedo, Icaraí, Niterói. Um ótimo benchmarketing para outras ruas e cidades.

 

Árvore da vida

O Vale do Café Convention Bureau inaugura dia 9, em Mendes (RJ), o painel artístico Árvore da Vida. Uma ação coordenada por Jane Sampaio.

 

Pensamento da semana

“Vida, carregada de simbolismo, presente no inconsciente, porta-voz do pensamento genuíno da revolta, simples, mas complexa por seu pragmatismo. Vertente de um silêncio oculto, mas carregado de canções persistentes, justas e sem nexo. Força de uma luta híbrida mas veloz e remota. Quero viver e saber aproveitar os reflexos positivos de um fazer sem ofuscar a sensação de buscar.”

Silêncio necessário – Segundo ano da pandemia, de Bayard Do Coutto Boiteux, 3 de outubro de 2021

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Vinhos do Dão: elegância consistente do Centro Norte de Portugal

Dão Experience apresenta a riqueza de sua vitivinicultura com prova virtual de cinco vinhos premiados.

Eleitores brasileiros no exterior

Por Bayard Boiteux

‘Vices’ assumem e dão show de competência

Por Sidney Domingues e Sérgio Braga.

Últimas Notícias

Guedes fica mesmo avaliado com nota baixa

Apesar de abrir a possibilidade de aumentar a crise econômica e do desrespeito ao teto de gastos ou outras regras fiscais para bancar medidas...

Ex-ministro de Temer substituirá Funchal

O ex-ministro do Planejamento Esteves Colnago assumirá o comando da Secretaria Especial de Tesouro e Orçamento da pasta. A nomeação foi confirmada nesta sexta-feira...

Receita Federal abre consulta a lote residual de Imposto de Renda

A Receita Federal abriu nesta última sexta-feira consulta a lote residual de restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) relativo ao mês...

Vendas do Tesouro Direto superam resgates em R$ 1,238 bi em setembro

As vendas de títulos do Tesouro Direto superaram os resgates em R$ 1,238 bilhão em setembro deste ano. De acordo com os dados do...

81% dos brasileiros têm contas em mais de uma instituição financeira

Oito em cada dez brasileiros têm conta em mais de uma instituição financeira, ou seja, controla suas finanças de força desagregada. É o que...