ONU calcula R$ 38 bi para matar a fome de 45 milhões

Em 2019 eram 27 milhões de pessoas famintas.

O Programa Mundial de Alimentos (PMA) informou, nesta segunda-feira, que há 45 milhões de pessoas famintas em 43 países do mundo, um novo pico de alta. A agência da ONU alertou, em Roma, que antes da pandemia de Covid, em 2019, 27 milhões de pessoas estavam passando fome.

Segundo o diretor-executivo da agência, David Beasley, são milhões de pessoas à “beira do abismo”. O aumento da fome no mundo está explicado por vários motivos que vão alem da Covid-19: conflitos, as intempéries naturais, alta nos preços dos combustíveis, dos fertilizantes e das sementes.

O preço dos alimentos atingiu a maior alta de dez anos neste mês e os aumentos dos combustíveis prejudica ainda mais a situação. Se há um ano despachar um container custava US$ 1 mil, agora o valor chega a US$ 4 mil. O PMA calcula que para reverter a situação de fome no mundo, são necessários agora US$ 7 bilhões (R$ 38,78 bilhões).

De acordo com Beasley, que voltou do Afeganistão, onde 23 milhões de pessoas recebem assistência alimentar do PMA, a situação continua grave em países como Angola, Haiti, Iêmen, Síria e Somália.

David Beasley declarou que “o custo da assistência humanitária está subindo de forma exponencial” e por isso, “mais dinheiro é necessário para a agência poder ajudar famílias ao redor do mundo que já esgotaram sua capacidade de lidar com a fome extrema”.

Segundo o programa, a insegurança alimentar tem feito muitas pessoas comerem menos, pularem completamente algumas refeições, ou optarem por alimentar as crianças ao invés dos adultos. O PMA cita ainda casos extremos, onde as famílias acabam tendo que comer gafanhotos, folhas selvagens ou até cactos para sobreviver, como é o caso em Madagascar.

Em outras áreas, as famílias acabam retirando as crianças da escola, vendem o gado que têm ou se veem forçadas a casar as crianças.

Da redação com informações da ONU

Leia também:

Fome aumenta no mundo no Dia da Alimentação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Projeção do governo mostra inflação rumo a 2 dígitos

Ministério de Guedes eleva estimativa para 8%.

Novo terminal de minério em Itaguaí prejudica Rio de Janeiro

Instalação traria mais poluição e pouco agregaria à economia do estado.

China propõe expansão do Brics

Argentina é um dos candidatos a integrar grupo.

Últimas Notícias

Leega lança solução de inteligência de dados marketing das empresas

Marketing Analytics combina arquitetura Cloud, engenharia de dados e machine learning.

Qyon Tecnologia planeja crescer 65% em 2022

Marca deve fechar ano com cerca de 100 franquias.

XP amplia crescimento do PIB para este ano

Elevou a projeção de 0,8% para 1,6%

Perfil de risco visto pelas corretoras

Uso do Questionário de Perfil de Investidor, chamado de suitability, que tem como função identificar seu apetite de risco

Diretor do Grupo Nubank cumpre novo mandato na Anbima

Permanecerá na vaga de conselheiro titular reservada à Anbima no Conselho de Recursos do Sistema Financeiro Nacional