Opep atribui queda nos preços do petróleo a especulação

Organização mantém previsão de recuperação da demanda apesar da queda recente nos preços

49
Poços de petróleo nos EUA (foto de Nick Wagner, Xinhua)
Poços de petróleo nos EUA (foto de Nick Wagner, Xinhua)

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) manteve sua previsão anterior de um crescimento da demanda global por petróleo em 2024, culpando os especuladores pela recente queda nos preços do produto.

No seu relatório mensal do mercado petrolífero de dezembro, a Opep prevê um crescimento da procura global de 2,25 milhões de barris por dia (bpd) para o próximo ano, após um crescimento da procura de 2,46 milhões de bpd este ano, ambos inalterados em relação às previsões do mês passado.

Observando que permanece “cautelosamente otimista” em relação aos fundamentos do mercado petrolífero em 2024, a Opep afirmou no relatório que a procura de petróleo do próximo ano deverá ser apoiada por um “crescimento resiliente do PIB global, no meio de melhorias contínuas na atividade econômica na China”.

Leia também:

Espaço Publicitáriocnseg

Brasil vai aderir à Opep+ em janeiro de 2024 | Monitor Mercantil

Os preços do petróleo caíram desde outubro, com o índice de referência internacional Brent Crude indo para o mínimo de US$ 70 por barril, face ao pico deste ano de mais de US$ 90 por barril em setembro. A queda continuou desde que a Opep e os seus aliados, grupo conhecido como Opep+, anunciaram em 30 de novembro uma nova rodada de cortes de produção, totalizando 2,2 milhões de bpd para o primeiro trimestre de 2024.

No relatório desta quarta-feira, a Opep culpou os especuladores e suas fortes vendas pela queda dos preços do petróleo, dizendo que os especuladores reduziram “suas posições otimistas acentuadamente enquanto aumentavam as posições vendidas”.

“A dinâmica do mercado foi alimentada por preocupações exageradas sobre o crescimento da procura de petróleo, o que impactou negativamente o sentimento do mercado”, acrescentou a organização.

Agência Xinhua

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui