Oposição vai ao Supremo contra venda da Eletrobras

304
Alessandro Molon (foto de Pablo Valadares, Câmara dos Deputados)

O líder da Oposição na Câmara dos Deputados, Alessandro Molon (PSB-RJ), anunciou na sessão do Congresso Nacional que PT, PSB, PCdoB, PDT, Psol e Rede vão ao Supremo Tribunal Federal pedir que seja declarada inconstitucional a lei que autoriza a desestatização da Eletrobras (Lei 14.182/21).

No final da noite, a Oposição deu entrada com o recurso no STF.

Para Molon, “trata-se de uma lei flagrantemente inconstitucional”. Além disso, o texto altera a política de preços da energia gerada e determina a contratação de térmicas. Esses pontos foram chamados de “jabutis” por Molon, com custo estimado em R$ 84 bilhões. “Jabuti” é o termo usado para designar emendas sem relação com a matéria.

Leia também:

Espaço Publicitáriocnseg

Bolsonaro assina venda da Eletrobras

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui