Orçamento das estatais desaba com Temer

O aumento no lucro das estatais federais no primeiro semestre, basicamente devido à Petrobras, ofuscou um dado mais importante: o...

O aumento no lucro das estatais federais no primeiro semestre, basicamente devido à Petrobras, ofuscou um dado mais importante: o orçamento dedicado às empresas da União vem caindo desde a posse de Michel Temer. Em 2015, foi de R$ 1,554 trilhão, sendo que R$ 645,7 bilhões foram executados. Para 2017, o orçamento aprovado foi de aproximadamente R$ 1,228 trilhão, queda nominal (sem levar em conta a inflação) de R$ 324 milhões. Até o primeiro semestre, R$ 585,2 bilhões foram executados, o que corresponde a 46% do total.

Em relação aos empregados, no primeiro semestre de 2017, seguindo tendência observada em 2016, houve diminuição do quadro de pessoal efetivo, com demissão de 16.701 empregados. Somente a Caixa Econômica Federal demitiu 4.777. Em relação a dezembro de 2015, a redução do total do quadro de pessoal foi superior a 33 mil empregados, ou seja, mais de 6% do quadro total.

 

Da escravidão à Lava Jato

O sociólogo Jessé Souza escancara o pacto dos donos do poder para perpetuar uma sociedade cruel forjada na escravidão no livro A Elite do Atraso da Escravidão à Lava Jato (Editora Leya). O lançamento da obra será dia 20 próximo, na Livraria Leonardo da Vinci, no Centro do Rio de Janeiro, com direito a debate com o autor.

 

Esconde-esconde

A dificuldade em se localizar a posse de bens no país tem servido a maus pagadores. “É comum devedores acumularem dívidas em um estado e terem patrimônio registrado em outro. É comum também que os devedores ocultem patrimônio em nome de familiares, amigos e empresas de fachada”, afirma Joaquim Rolim Ferraz, sócio do escritório Juveniz Rolim Ferraz Advogados.

Segundo ele, por conta das diferentes regras para registros de bens em cartórios no país, a prática acaba servindo à ocultação de patrimônio. “São 27 unidades federativas, com regras e prazos distintos para levantamento de transações imobiliárias, o que dificulta a identificação de algo que o devedor possua e que possa ser usado para honrar o que deve”, diz Ferraz.

Segundo o advogado, enquanto que em alguns estados, como São Paulo, a verificação patrimonial pode ser feita pela internet, em outros, o requerente tem de estar presente no cartório para protocolar o pedido de vistas, ou enviar um procurador, verificar a resposta e aguardar o resultado da consulta, sendo que, nessas últimas duas etapas, os prazos são de 30 dias.

É uma tremenda burocracia, mas há como constatar se o devedor possui algum bem executável em território nacional em seu nome, em nome de parentes, amigos ou empresas de fachada”, conclui.

 

Nós podemos, ele não pode

O ex-presidente Barack Obama fez palestra em São Paulo a convite do grupo Globo, com patrocínio do banco Santander. Obama ganha até US$ 400 mil para falar em reuniões com representantes de Wall Street. Para vir ao Brasil, não deve ter feito desconto substancial.

O mesmo Globo, porém, não admite que o ex-presidente Lula receba R$ 300 mil por palestra.

 

Rápidas

O juiz federal Marcelo da Costa Bretas receberá das mãos do diretor geral da Facha, professor Paulo Alonso, o título de professor Emérito, dia 24 de outubro, às 10h, no auditório Barbosa Lima Sobrinho *** O SPC Brasil fará palestra gratuita sobre “Como diversificar investimentos e ir além da tradicional poupança” nesta sexta, às 10h, dentro da Semana Mundial do Investidor, realizado pela CVM em São Paulo. Inscrições abertas e gratuitas pelo site http://semanadoinvestidor.cvm.gov.br/ *** Lars Grael realiza palestra sobre esporte e transformações na sede da ACRJ, dia 10, às 11h *** A Celso Lisboa Escola de Negócios receberá a palestra gratuita “O mercado de eventos no Rio de Janeiro”, na próxima terça-feira, às 18h30, com o publicitário e sócio da Mostarda Produções Victor Mello. Será na Rua Sete de Setembro, 66 – Centro *** O Pátio Alcântara apresenta, 12 de outubro, a partir das 13h30, o espetáculo Aladdin e o Mundo Ideal *** De segunda a quarta da semana que vem, o Centro Universitário FEI realiza a segunda edição do Congresso de Inovação, cujo tema será “A cidade e o campo inteligentes, para uma melhor qualidade de vida”. Mais informações: www.fei.edu.br/congressodeinovacao *** A banda Mais do Mesmo, cover da Legião Urbana, sobe ao palco do Carioca Shopping neste domingo *** O Ipea e a Universidade Vanderbilt (EUA) realizam em 18 de outubro, na unidade do instituto no Rio de Janeiro, um debate sobre ensino superior. O evento marca o lançamento do Capítulo Brasileiro da Universidade Vanderbilt.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Plano B dos bilionários dos EUA

Fuga dos impostos, de Trump e dos bloqueios levam a dupla cidadania.

É a inflação, estúpido

Preços não dão trégua a Bolsonaro em ano de eleição.

Brasil: 3% da população, 6% dos desempregados do mundo

Pode colocar na conta de Bolsonaro–Guedes.

Últimas Notícias

Gastos com delivery subiram 24% em 2021 ante 2020

Cada brasileiro gastou, em média, R$ 16,21 por refeição fora do lar.

Exportação de sucata ferrosa cresceu 43% em abril

Preços se acomodaram; após pressão forte no mercado em função da guerra e da China, tendência é de normalização no Brasil.

Correspondentes bancários são punidos por irregularidade em consignado

Sidney: 'assédio comercial leva ao superendividamento do consumidor; isso não interessa a ninguém, nem ao consumidor nem aos bancos'.

Inadimplência cresce e atinge 61,94 milhões de brasileiros

Número de inadimplentes no país teve crescimento de 5,59% em comparação a abril de 2021; média das dívidas é de R$ 3.518,84.

Inflação permaneceu elevada em todas as faixas de renda em abril

Variação foi entre 1% para famílias de renda mais alta e 1,06% para mais baixas; dinheiro é maior preocupação de três em quatro brasileiros.