Otimismo no exterior pode beneficiar mercado local nesta quarta

Em relação aos indicadores, o Livro Bege e o IBC-Br são esperados

156
Painel da Bolsa (Foto: divulgação)
Painel da Bolsa (Foto: divulgação)

Nesta quarta-feira, os mercados direcionam as atenções para as falas de alguns dirigentes do Federal Reserve, do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco da Inglaterra (BoE). Além disso, no Brasil, fica em foco a participação de Fernando Haddad, ministro da Fazenda e Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central, em vários eventos ao longo do dia. Em relação aos indicadores, o Livro Bege e o IBC-Br são esperados.

Com o exterior mais otimista e sinal positivo no minério de ferro, é possível que o Ibovespa se recupere das quedas recentes, após o quinto pregão no vermelho consecutivo. Apesar disso, o petróleo pode servir como contraponto. No câmbio, é possível que o real fique um pouco aliviado em função da baixa do dólar no exterior, bem como o recuo dos juros das treasuries, o que também deve aliviar os juros por aqui.

No exterior, os contratos futuros de petróleo exibem queda nesta manhã, assim como o dólar, que perde força ante moedas fortes, conforme indica o índice DXY, que relaciona a moeda americana com as seis principais divisas. Em Nova Iorque, os índices futuros acionários sinalizam alta, ao passo que os rendimentos das treasuries caem. Na Europa o sinal também é positivo entre as principais Bolsas do continente. Por fim as Bolsas asiáticas fecharam sem direção única nesta quarta-feira.

O contrato futuro de dólar fechou ontem novamente em forte alta, com volume de negociação ainda ascendente. Com isso a moeda americana segue operando acima das médias de preços de fechamento dos últimos 20 e 200 dias.

Espaço Publicitáriocnseg

.

Travelex Bank

Leia também:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui