Páscoa

O Messias entra em Jerusalém como rei, saudado pela população. No dia seguinte, expulsa os vendilhões do templo. Quatro...

Fatos e Comentários / 20:22 - 29 de mar de 2018

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

O Messias entra em Jerusalém como rei, saudado pela população. No dia seguinte, expulsa os vendilhões do templo. Quatro dias depois, com o povo instigado por falsos líderes que conspiraram contra Ele, é condenado, martirizado e crucificado, cumprindo Seu destino. As lições de Jesus ficam mais evidentes na Páscoa. Amor, fraternidade. No Brasil, falta respeito ao próximo; discordar de ideias não significa cortar relações. O embate das palavras não pode ser substituído pela intolerância. Falsos líderes, de fáceis palavras e ideias rasas, não podem se sobrepor. Da mesma forma, as falsas notícias (“Os líderes religiosos conspiram com os guardas do sepulcro para espalharem uma mentira” – Mt.28.11-15) não podem prosperar. O país precisa levar à disputa suas discordâncias, mas, ao final, se reconciliar.

E, ao terceiro dia, Ele ressuscitou.

 

Redução nos portos

A redução, aprovada pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), da taxa WACC (Weighted Average Cost of Capital, que é o custo médio ponderado de capital) de 10% para 8,03% na concessão de três terminais portuários, mereceu críticas do setor.

A medida traz prejuízos aos investimentos na área e está na contramão do que foi acordado entre as empresas portuárias e o Ministério dos Transportes, que havia se comprometido a não se posicionar antes de avaliar a posição das companhias , informa a Associação Brasileira dos Terminais Portuários (ABTP).

O diretor-presidente da ABTP, José Di Bella, diz que “o impacto da redução da taxa seria imenso em grandes projetos que demandam maior volume de investimentos, tendo em vista que a mudança proposta resultará em uma majoração de custos superior a 300% em projetos com investimentos acima de R$ 100 milhões”.

Segundo Di Bella, a redução da taxa WACC, além de minar o apetite de investidores pelos leilões de arrendamentos, vai impactar diretamente leilões futuros, além de reduzir o interesse de agentes privados em assumir riscos para a promoção de melhorias operacionais e aumento de capacidade de movimentação de carga.

 

Espaço

Persio Arida, o economista do candidato Geraldo Alckmin, defende implodir o BNDES para abrir espaço para os bancos de investimentos privados de onde provém.

 

Código

A Associação Brasileira de Software e Serviços (Abes) desenvolveu seu Programa de Integridade, reformulando o Código de Ética, que agora está totalmente adequado às normas da Lei Anticorrupção (12.846/2013). De acordo com o presidente da entidade, Francisco Camargo, a Abes é pioneira entre as associações do setor a desenvolver seu próprio programa, que traz ainda uma inovação em termos de transparência, o Guia de Políticas de Interação com Agentes Públicos.

 

Cortina de vidro

A Câmara Municipal do Rio promulgou a Lei Complementar 184/2018, de autoria dos vereadores Carlo Caiado e Rafael Aloísio, que amplia o fechamento de varandas “com material retrátil, translúcido e transparente” para a cidade toda. A nova lei, que alterou artigos da Lei Complementar 145/2014, já está em vigor e pôs fim, também, à cobrança de taxa no licenciamento das varandas, afirma Caiado.

 

Golpe de 2016

A Pós-Graduação em Economia Política Internacional do Instituto de Economia da UFRJ convida para o programa de seminários “O golpe de 2016 e o futuro da democracia no Brasil: Da economia política nacional à geopolítica global”. De 18 de abril a 27 de junho.

Entre os palestrantes, Emir Sader, Esther Dweck, Carlos Eduardo Martins e José Luís Fiori. O seminário estará aberto apenas para alunos da UFRJ previamente inscritos através do e-mail inscricoespepiufrj@gmail.com

 

Rápidas

A FGV Eesp realiza nesta terça-feira, às 11h, um debate sobre a rede de proteção social ao trabalhador, com André Portela, que apresentará resultado do estudo feito em parceria com os pesquisadores Ricardo Paes de Barros, Gabriel Ulyssea, Diana Coutinho, Lycia Lima e Lucas Finamor. O evento é o sétimo da série: Proposta de Reformas para Destravar o Brasil, que ocorre todas as terças-feiras. Mais em: http://eesp.fgv.br/ *** A Fiesp divulga nesta segunda-feira o resultado do Indicador de Nível de Atividade (INA) da indústria de fevereiro e do Sensor, com as perspectivas econômicas dos empresários em março *** A 3RA Intercâmbio e a Immi Canadá realizam eventos de divulgação sobre estudo e imigração para o Canadá, de 2 a 19 de abril, em seis cidades brasileiras. Inscrições em 3ra.ca/palestras

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor