Pacote pode ter algo de bom, só que não vai funcionar

Empresários só voltam a investir se tiverem mercado consumidor.

A notícia de que a equipe econômica prepara um pacote de medidas para dinamizar a economia revela um ponto positivo e um negativo. Do lado favorável, finalmente o governo reconheceu que a produção não vai sair do lugar sem um impulso; o problema é que as propostas não trarão uma retomada.

O pacote se divide em quatro frentes. Uma é a simplificação e desburocratização, mais que necessária. Porém só vai ser efetiva se a equipe atacar de frente as obrigações acessórias e as normas expelidas pela Receita a cada dia.

A segunda estratégia é a Emprega Mais, um conjunto de medidas cosméticas de validade duvidosa e que podem facilmente virar um escândalo, caso de dar vales para qualificação de trabalhadores (é só olhar o Fies).

A terceira proposta, de retirar barreiras para o funcionamento do mercado, traz risco semelhante. Exemplos, não só no Brasil, comprovam que é necessária uma forte atuação do Estado e da sociedade para impedir abusos.

O Brasil 4.0, para modernização, é importante, mas como política de médio e longo prazo. Não há sentido em ficar misturada com propostas conjunturais.

Assim, o pacote pode até ter medidas interessantes, mas os empresários só voltarão a existir se existirem consumidores. E a população só volta a consumir se tiver emprego com algum grau de estabilidade. Queiram ou não os xiitas neoliberais que habitam o Ministério da Economia, sem participação forte do Estado, o Brasil continuará andando em círculos.

 

Moro na selva

A Comissão Especial de Estudos em Direito Penal da OAB/RJ apoia o parecer firmado pelo Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB) acerca do projeto da Lei Anticrime, do ministro da Justiça, Sergio Moro. E a OAB/RJ usou palavras duras: “Torna imperioso rememorar, sobretudo ao ministro, porquanto professor e doutor, que ‘efeitos práticos’ não derivam de sonhos, de pantomimas ou de adivinhações.” E ainda: “Procurar ‘efeitos práticos’ e ignorar a teoria é como andar a esmo sem bússola na selva amazônica.”

 

Atualização médica

Como o médico pode dar conta dos milhões de artigos e livros publicados atualmente? Esta pergunta levou um grupo de médicos a criar a Dr Tips, uma plataforma de cursos online e vídeos. “O conteúdo médico se renova 100% a cada quatro anos. Mesmo se o profissional estudar o tempo todo, é impossível ficar totalmente atualizado. Nossa meta é revolucionar o aprendizado neste meio, reduzindo o tempo do aprendizado com aumento do aproveitamento”, afirma o médico Paulo César Fernandes, um dos sócios-fundadores da Dr. Tips.

Os participantes dos cursos podem compartilhar dúvidas e respostas, facilitando a atualização dos médicos e incrementando a formação dos estudantes. Além de Fernandes, participam do conselho da startup os médicos Diego Garcia, Fernando Furlan e Paulo Cesar Rozental, também sócio-fundadores.

Os materiais são produzidos por profissionais nas áreas de Ginecologia e Obstetrícia, Farmacologia, Fisiologia, Psiquiatria, Cirurgia Torácica, Cirurgia do Trauma e Trombo-embolismo Venoso.

 

Vim’ a ser acometida

Pergunta ao ministro que fala como escreve, escreve como pensa, e pensa como ministra: a mulher do Queiroz é cônge com jê ou é cônje com giota? Não sabemos. Mas arriscamos que, se depender do ministro, ela não será acometida por ‘violenta emoção’. Sorte que Dona Marisa não teve.

 

Rápidas

O Movimento #TamoJunto9ºano realiza, na próxima quarta-feira, das 9h às 18h, na Uerj, em São Gonçalo (RJ), o I Seminário Intersetorial para Valorização da Educação Pública. O evento será aberto pelo teólogo Leonardo Boff *** A Secretaria de Saúde do Estado do Rio realizará, dias 10 e 11, campanha de vacinação contra a febre amarela no Caxias Shopping, das 14h às 17h *** Beto Filho assume pela quarta vez a presidência da Associação Brasileira de Franchising Seccional Rio de Janeiro (ABF Rio) *** Distratos imobiliários na perspectiva do Poder Judiciário é o tema do seminário que o Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB) realizará na próxima segunda-feira, das 10h às 12h30. Inscrições em iabnacional.org.br/eventos *** O IAG – Escola de Negócios da PUC-Rio fará na próxima terça, das 18h40 às 21h20, o evento “Painéis em Gerenciamento de Projetos” em uma comemoração dupla: 15 anos da criação do MBA em Gerenciamento de Projetos, Programas e Portfólios do IAG e da assinatura do acordo de parceria com o PMI-Rio. Inscrições: bit.ly/workshopgp

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Bolsonaro invade TV Brasil

Programação foi interrompida 208 vezes em 1 ano para transmissão ao vivo com o presidente.

FMI: 4 fatores ameaçam inflação

Fundo acredita que preços deem uma trégua no primeiro semestre de 2022, mas...

Pandora Papers: novos atores nos mesmos papéis

Investigação mostra que pouco – ou nada – mudou desde 2016.

Últimas Notícias

Seven Tech: Mais de 2,5 milhões de cartões de crédito até 2023

Com operações em seis países e presença em três continentes (Europa, África e América Latina), o Seven Tech Group, que nasceu como Software house...

Indústria de fundos está pronta para investimentos sustentáveis

É hora de a própria indústria de fundos, por meio de iniciativas de autorregulação, preencher o gap regulatório que ainda existe em torno dos...

Índice da B3: Empresas com melhores práticas no mercado de trabalho

A B3, bolsa do Brasil, e a consultoria global, Great Place to Work, anunciaram nesta terça-feira a criação de um novo índice com foco...

Comissão debate venda da Oi Móvel para outras operadoras

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados promove audiência pública nesta quinta-feira (21) para tratar da venda da Oi Móvel...

CVM: Acordo de R$ 300 mil após autodenúncia de infração

O Colegiado da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) analisou, em reunião nesta terça-feira, propostas de Termo de Compromisso dos seguintes Processos Administrativos (PA)...