Pacote previdenciário do Rio traz aumento de alíquota e de idade

Rio de Janeiro / 20:20 - 28 de out de 2016

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

A proposta de reforma do sistema previdenciário do Estado do Rio de Janeiro, ainda em fase de elaboração pela equipe do governador em exercício, Francisco Dornelles, deverá ser anunciado na próxima sexta-feira. A informação foi dada nesta sexta-feira pelo governador licenciado, Fernando Pezão, ao participar, na sede da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), do seminário Infraes-trutura Fluminense - Desafios e Oportunidades, que contou com a participação do secretário do Programa de Parceria de Investimentos do Governo Federal, Moreira Franco e do presidente da Firjan, Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira. Pezão disse que ficou encarregado pelo presidente Michel Temer de fechar a proposta e a apresentar à equipe do ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha. “A ideia é encaminhar o pensamento de todos os estados sobre o tema. Estamos ouvindo todos os governadores e a proposta a ser encaminhada ao governo será definida em um fórum, no próximo dia 4, quando a proposta será fechada com a participação de todos os secretários de Fazenda e Administração”, disse. Embora ressaltando o fato de que a proposta ainda está em discussão, Pezão admitiu que a ideia inicial é aumentar a alíquota de contribuição de 11% para 14% e a idade de aposentadoria, que deverá passar a 65 anos de idade. Pezão disse que, embora a questão da redução do salário seja questionada no STF, até porque a Lei de Responsabilidade Fiscal coloca a questão, essa não é intenção do governo do Rio.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor