Pacote transfere renda e contrai economia

Sem empregos de qualidade, a Previdência será inviabilizada.

A proposta de desmonte da Previdência apresentada pelo Governo Bolsonaro pode ser criticada por vários ângulos: é implacável com os mais pobres, generosa com o mercado financeiro, deixa de lado os militares. Mas, além de tudo isso, o mais danoso é a visão macroeconômica por trás dela.

Os cortes nos benefícios, parte da receita ultraneoliberal da equipe econômica, representam uma grande transferência de renda para os detentores de títulos da dívida pública. Este é o destino do pouco mais de R$ 1 trilhão que Paulo Guedes diz que vai retirar da Previdência em dez anos. (Só para lembrar: em um ano, só de juros, sem contar a rolagem, o governo torra coisa de R$ 400 bilhões)

Essa transfusão de recursos dos trabalhadores para os rentistas traz outro efeito danoso: acarretará redução de consumo, o que afetará o crescimento do país. Como ensina o economista Marcio Pochamnn, empresário não contrata porque a mão de obra é barata, mas quando há demanda. Se você contrai a renda, não é preciso ser especialista para entender que vai diminuir o consumo. A isso se junta o corte de recursos destinados ao BNDES, o que significará redução da capacidade de financiamento do banco, afetando o investimento.

A Ford anunciou o fechamento da unidade em São Bernardo do Campo, com perspectiva de demissão de 4,2 mil empregados diretos, mas possibilidade de afetar 24 mil trabalhadores da região. O Itaú demite, segundo o Sindicato dos Bancários, 30 empregados por dia. Sem empregos de qualidade, a Previdência será inviabilizada.

 

Tecnologia contra o câncer

A Oncologia D’Or vai investir R$ 130 milhões na renovação do seu parque tecnológico radioterápico. Nesta quarta-feira, a unidade oncológica do Quinta D’Or estreou o Truebeam STX, equipamento que oferece precisão para atingir o tumor, o que torna os tratamentos mais rápidos e com menos efeitos colaterais. O investimento foi de R$ 12 milhões.

Vamos oferecer o que há de mais moderno em radioterapia, o que vai permitir atingir diretamente os tumores com precisão milimétrica. Além disso, com a nova tecnologia, poderemos administrar as doses de radiação exatamente nos tumores, preservando os tecidos saudáveis que estão a sua volta. Isso trará mais celeridade para o tratamento e tornará o processo menos desgastante para o paciente”, destaca o presidente da Oncologia D’Or, Paulo Hoff.

 

Pergunta lá no posto Ipiranga

A proposta de desmonte da Previdência reduz a parcela de verbas do PIS/Pasep destinada ao BNDES de 40% para 28%. A coluna questionou o banco sobre o impacto do corte no orçamento, mas a instituição preferiu não se pronunciar. O FAT/PIS/Pasep responde por cerca de um terço dos recursos do banco.

 

Capitalistas

Dória Jr. prefeito: “Não me importo com a crítica de nenhum ista. Pode ser ciclista, sindicalista, petista ou jornalista.” Ex-lobista, Dória governador contornará fordistas para não liquidar empregos paulistas, ou culpará lulistas? Pergunta ao ex-amigo de Wesley e Eike Batista.

 

Rápidas

A nova diretoria da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional do Rio de Janeiro (OAB/RJ), triênio 2019–2021, toma posse às 18h30 desta quinta-feira, no Theatro Municipal. À frente da entidade, Luciano Bandeira *** O Carnaval agita os shoppings: neste sábado, às 13h30, o Center Shopping Rio apresenta Roda de Choro. No Carioca Shopping, haverá baile para as crianças dias 2, 3 e 4, das 15h às 19h *** Este ano, Havana está comemorando seu 500º aniversário.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Moeda chinesa na mira dos bancos centrais

Participação como reserva internacional ainda é baixa… por enquanto.

Bolsonaro comanda pior resposta à pandemia da AL

Para formadores de opinião, Brasil foi pior até que a estigmatizada Venezuela.

Cem anos de Celso Furtado

A atualidade de um dos mais importantes intelectuais do planeta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Consumo nos setores de turismo e diversão cresce em junho no Rio

O consumo das classes C e D no Brasil recuou 5% em junho, depois de ter subido 8% em maio, de acordo com a...

População de países emergentes fica ainda mais pobre

Perda de renda foi 2x maior que nas nações ricas.

Pagamento indevidos: TCU encontra 11% de inconsistências no INSS

‘Falhas afetam a confiabilidade do banco de dados’ de benefícios previdenciários.

Investimentos de brasileiros em paraíso fiscal ultrapassam US$ 558 bi

Os ativos foram realizados principalmente em paraísos fiscais.

Moeda chinesa na mira dos bancos centrais

Participação como reserva internacional ainda é baixa… por enquanto.