Padrão

O presidente eleito do Peru, Ollanta Humala, enfrenta o que os jornais locais chama de “primeira crise ética” após a vitória. O problema seria uma visita do irmão do presidente à Rússia a fim de se encontrar com executivos da Gazprom para conversar sobre investimentos nos campos de gás do país. As denúncias guardam semelhança com o que acontece no Brasil com a presidente Dilma Rousseff: uma tentativa dos setores mais reacionários da sociedade em manietar o governo (recém-eleito ou recém-empossado, respectivamente).
Sem perspectivas no debate político, a oposição sonha em minar os presidentes com denúncias nem sempre com fundamento, num arremedo de lacerdismo sem direção.

Ganho nas duas pontas
As operadoras de leasing que cobravam prestações a vencer nos casos de contratos rescindidos em função de roubo/furto de veículos ou devolução amigável do automóvel terão que parar com esta prática. A determinação, em caráter liminar, é da juíza Márcia Cunha Silva de Carvalho, da 2ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, em ação da Comissão de Defesa do Consumidor da Assembléia Legislativa (Alerj).
“A juíza entendeu que esse é o típico caso de enriquecimento sem causa por parte das operadoras de leasing. Afinal, todos os contratos prevêem a obrigação de o consumidor fazer um seguro em benefício da financeira. Assim, no caso de roubo ou furto, as operadoras recuperam o investimento feito na aquisição do veículo”, explica a presidente da comissão, deputada Cidinha Campos (PDT).
As 12 empresas citadas poderão ter de ressarcir seus clientes. Seriam beneficiados os consumidores com contratos assinados nos últimos três anos. A ação cita BV financeira, ABN Aymore, Santander, Banco Panamericano, Itaú Unibanco, entre outros, além dos bancos das quatro principais montadoras.

Aquecido
As vendas de imóveis feitas pela Mirantte Soluções Imobiliárias, que atua há 27 anos na Zona Norte de São Paulo, subiram 20% em maio, comparadas ao mesmo mês do ano passado. O pico se deu em janeiro, com alta de 150% em relação ao primeiro mês de 2010. A imobiliária inaugurou no final de junho duas agências, a Jardim São Bento e a Serra da Cantareira. Luiz Carlos Kechichian, proprietário da empresa, disse que a expectativa é o que os negócios aumentem 40% depois das inaugurações.

Mais um Poupa Tempo
A Junta Comercial inaugura dia 15 a quinta unidade do Rio Poupa Tempo, que ficará no São Gonçalo Shopping, com previsão de atendimento 4.5 mil pessoas por dia. O serviço, iniciado em julho de 2009, já alcançou a marca de 9.510.721 atendimentos aos cidadãos e empresários.

Búzios inteligente
A distribuidora de energia elétrica Ampla assina nesta segunda-feira convênio com o Governo do Rio de Janeiro e a Prefeitura de Búzios para a construção da primeira cidade inteligente da América Latina.

Direitos
O Código de Defesa do Consumidor no artigo 42 estabelece que configura abuso e má-fé a cobrança de taxas para abertura de crédito, emissão de boleto, avaliação de bem e de serviços de terceiros. Segundo a advogada Ana Carolina Moraes Navarro, do escritório Moraes Navarro, Dalfovo, Santarosa e Brandão, os tribunais têm concedido o ressarcimento em dobro das quantias pagas indevidamente. Ela informa ainda que o ministro do STJ Sidnei Beneti afirmou que quando a taxa de juros não estiver informada expressamente no contrato recebido pelo cliente, o juiz também deve determinar a aplicação do percentual médio praticado pelo mercado.

Estado não é máquina
O trecho a seguir, do ex-prefeito do Rio Cesar Maia, mostra por que a política com os servidores municipais foi uma das poucas boas iniciativas dele na Prefeitura, numa gestão marcada pelas críticas: “Em geral, economistas que vêm do mercado financeiro sem ter tido experiência no setor público carregam preconceito contra o setor público e cometem este equívoco (perseguição ao funcionalismo). Fazem uma curva ABC de despesas e focam na maior despesa, que é a de pessoal. As funções precípuas dos governos são realizadas por servidores e não por máquinas e, por isso, as despesas de pessoal devem ser a maior rubrica de todas. A atual administração (prefeito Eduardo Paes) não entendeu que servidor é capital e não custeio.”
Maia finaliza, pragmático: “Lacerda, por experiência própria, quando atrasou os salários em junho de 1965, afirmava que, no Rio, ninguém vence eleição contra os servidores públicos.”

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMister P
Próximo artigoCristina avança

Artigos Relacionados

Bolsonaro invade TV Brasil

Programação foi interrompida 208 vezes em 1 ano para transmissão ao vivo com o presidente.

FMI: 4 fatores ameaçam inflação

Fundo acredita que preços deem uma trégua no primeiro semestre de 2022, mas...

Pandora Papers: novos atores nos mesmos papéis

Investigação mostra que pouco – ou nada – mudou desde 2016.

Últimas Notícias

Reforma da Previdência desestimulou contribuição

Por Isabela Brisola.

Guedes fica mesmo avaliado com nota baixa

Apesar de abrir a possibilidade de aumentar a crise econômica e do desrespeito ao teto de gastos ou outras regras fiscais para bancar medidas...

Ex-ministro de Temer substituirá Funchal

O ex-ministro do Planejamento Esteves Colnago assumirá o comando da Secretaria Especial de Tesouro e Orçamento da pasta. A nomeação foi confirmada nesta sexta-feira...

Receita Federal abre consulta a lote residual de Imposto de Renda

A Receita Federal abriu nesta última sexta-feira consulta a lote residual de restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) relativo ao mês...

Vendas do Tesouro Direto superam resgates em R$ 1,238 bi em setembro

As vendas de títulos do Tesouro Direto superaram os resgates em R$ 1,238 bilhão em setembro deste ano. De acordo com os dados do...