Temer vs. Temer

O que diriam os manifestantes que foram às ruas bater panela contra a presidente Dilma Rousseff se ela tivesse indicado, em plena fase crítica das investigações da Operação Lava Jato, o então ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, para uma vaga no Supremo? Choveriam críticas (a começar pelos membros do PT…), a grande mídia chamaria todos para protestar, e não passaria um dia sem que o assunto ficasse nas manchetes, até que a presidente fosse obrigada a recuar. Pois a indicação de Alexandre Moraes para a vaga de Teori Zavaski tem o mesmo significado, ou muito pior, mas não ninguém pense que terá o mesmo impacto. O escândalo que é a nomeação para o STF de um ministro que poderá ter que julgar seus colegas do ministério e o próprio Temer – citado mais de uma vez nas delações da Lava Jato – será minimizado, ou mesmo nem será abordado. Uma narrativa técnica, espaço para um ou dois oposicionistas caracterizados como petistas e só.

Não se trata de um questionamento à bagagem acadêmica de Moraes – mesmo seus opositores reconhecem que seu livro de Direito Constitucional é texto base da cadeira nas boas, e também nas nem tanto assim, faculdades. Mas suas posições políticas são claras, ele é filiado ao PSDB e faz parte de um governo ao qual faltou a legitimidade das urnas. Enquete feita instantaneamente por um site mostra que 94% é contra alguém com filiação partidária na mais alta Corte do país. Quando o presidente Temer assume o risco de colocá-lo no Supremo, parece não apenas confirmar a tese de golpe, mas deixar claro que está tudo dominado. O STF não pode compactuar com tal ato.

Ódio branco

As reações de ódio de um punhado de médicos, por ocasião do falecimento de Dona Marisa, são reveladoras do distanciamento da profissão, no Brasil, de seus ideais históricos. Em vez de defender a vida, comemorar a morte.

Ninguém duvide que, apesar de não ser a razão principal, a importação de médicos cubanos ajudou a espalhar esse ódio. Talvez porque os profissionais de Cuba ainda tragam na bagagem o juramento que fizeram de lutar para garantir a saúde e a vida dos pacientes, enquanto por aqui muitos estão mais preocupados em manter suas contas bancárias no azul.

Não é difícil ouvir, em rodinhas de médicos, um dizer que seu cheque especial está “por um períneo”, ou seja, o valor de uma operação nesta região do corpo, ou “por uma mastectomia”. Pensam nos pacientes como cifrões. O Mais Médicos é um programa que tentam a volta ao atendimento básico e pessoal. Quase um insulto.

Distante

Os chineses não economizam ao saírem às compras no Brasil, aproveitando as pechinchas criadas pela depressão econômica aqui. A CPFL é um exemplo recente. Mas o cidadão chinês não vê vantagem nos investimentos. Para eles, os benefícios não chegam ao trabalhador da China. A distância e o desconhecimento entre os dois países são grandes.

Já para os brasileiros, a sensação é justamente oposta.

Vácuo

País algum, desde a Roma dos Césares, é governável sem políticos, bons ou maus; há que haver políticos para organizar o Estado. Demonizar todos os políticos torna o Estado ingovernável. Parece que é isso que o Brasil quer hoje, o desmanche do atual sistema político, sem reposição de outro modelo, o que fará o Estado brasileiro entrar numa cratera da qual poderá não sair mais. Um Estado, por pior que seja, é melhor que o vácuo”, escreve o economista André Araújo.

Rápidas

A Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas realiza nesta terça-feira, a partir das 9h, o debate “Os desafios jurídicos para o desenvolvimento da Internet das Coisas (IoT) no Brasil”, em parceria com o consórcio integrado por Mckinsey, CPqD e Pereira Neto Macedo Advogados. Será na sede da FGV Direito SP (Rua Rocha, 233 – Auditório) *** O Carioca Shopping preparou para fevereiro a Happy Hour Carioca Verão, com um ritmo diferente a cada quarta-feira. No dia 8, é a vez do samba de raiz; dia 15, sertanejo; e no dia 22, clássicos do Carnaval. O evento é gratuito e começa às 18h *** Mario Avelino, presidente do Instituto Fundo Devido ao Trabalhador, lança a cartilha Como receber corretamente seu dinheiro das contas inativas do fundo de garantia. Download grátis em http://promo.domesticalegal.com.br/sacar-fgts-contas-inativas *** O Shopping Jardim Guadalupe (RJ) recebe, nesta sexta-feira, o grupo Nova Edição, dentro do projeto Samba no Pátio, a partir das 19h *** Este ano, acontecem simultaneamente na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) o I Seminário Internacional e o IV Seminário Nacional de Estudos e Pesquisas sobre Educação no Campo. Os interessados em apresentar trabalhos podem se inscrever até 31 de março, por meio do site www.semgepec.ufscar.br *** Em 5 e 6 de abril o Nordeste será palco do 6° Congresso RTI de Provedores de Internet e do 8° Congresso RTI de Data Centers, que acontecerão simultaneamente no Hotel Praia Centro & Convenções, em Fortaleza. Mais em http://rtiprovedoresdeinternet.com.br/6/fortaleza/

Artigo anteriorFeliz ano novo
Próximo artigoO cavalo do Espírito Santo
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

G20 analisa aumentar taxação de corporações, mas…

Proposta tem que ser vantajosa para todos, não só para as sedes das multinacionais.

Botes salva-vidas para a classe A

No mundo de negócios, é tudo uma questão de preço.

Mortes dos essenciais

Aumentam em mais de 50% óbitos de caixas, frentistas e educadores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Eleição no Peru está indefinida. Empate técnico entre 5 candidatos

Primeiro turno será no domingo. segundo turno está previsto para o dia 6 de junho.

Equador: Não haverá contagem rápida no domingo de eleições

Arauz, candidato do ex-presidente Rafael Correa lidera as pesquisas com 37% das intenções de voto contra 30% do candidato do Aliança Creo, o banqueiro Guillermo Lasso.

Indicador econômico global mantém trajetória de recuperação

Segundo FGV, fato reflete avanço das campanhas de vacinação contra a Covid.

Brasil movimentou R$ 2 tri em transações com cartões em 2020

Transações digitais foram impulsionadas por modernização do mercado e pandemia.

IPCA de março variou abaixo da expectativa do mercado

Nossa projeção para o ano que vem permanece de 6,5%, podendo ser antecipada para este ano.