Para 42% das empresas, vendas virtuais representam 10% do faturamento

Pesquisa foi feita antes do coronavírus com 350 empresas, representantes dos principais setores e portes.

Conjuntura / 17:31 - 31 de mar de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Em pesquisa com 350 empresas de todo o Brasil realizada entre janeiro e fevereiro sobre a representatividade das vendas virtuais, a Boa Vista Serviços S.A. constatou que 39% das empresas utilizam a internet para negócios e apenas 38% possuem site próprio.

Para 42% das empresas brasileiras o comércio eletrônico ainda representa até 10% do faturamento total. 22% das empresas afirmam que faturam de 10% a 30% do faturamento total com vendas vitruais, enquanto 36% têm de 30% a 100% do seu faturamento a partir do e-commerce.

Das empresas entrevistadas, 39% afirmam que realizam negócios virtualmente e 38% possuem site próprio. Dentre os que afirmam realizar negócios, 47% fazem vendas, 12% compras e 41% vendas e compras.

Ainda dentro desta parcela das empresas, 39% realizam negócios por meio de veículos próprios (e-mail + site próprio), e 61% utilizam sites de terceiros.

O estudo questionou as empresas sobre as principais dificuldades enfrentadas para fazer negócios virtualmente, e 18% apontam a falta de conhecimento sobre o comércio digital como o maior obstáculo. Outras 16% sentem dificuldades de comunicação para atingir seu público-alvo, além da escassez de mão de obra qualificada (15%).

A pesquisa foi feita pela Boa Vista de forma quantitativa entre os meses de janeiro e fevereiro de 2020, com cerca de 350 empresas, representantes dos principais setores (comércio, indústria e serviços) e portes (micro, pequenas, médias e grandes empresas). Para a leitura dos resultados considerar cerca de 3% de margem de erro e 80% de grau de confiança.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor