Para combater Putin, adeus livre mercado

Teto para preço do petróleo é nova sanção desesperada do G7.

A proposta de estabelecer um teto para o preço do petróleo e do gás russos é talvez a mais emblemática no conjunto de medidas que Estados Unidos e seguidores tramam para enfraquecer a Rússia – mas que acabam saindo pela culatra, ou melhor, mais um tiro no pé.

A ideia foi debatida na reunião do G7, o clube da elite capitalista, e ainda não foi à frente por falta de consenso, sendo enviada para análise de grupo técnico – o que significa ganhar tempo.

Um dos aspectos mais pitorescos da proposta é mandar às favas o discurso do livre mercado, em nome de combater o “totalitarismo” de Putin – apesar de um dos defensores do teto ser Mario Draghi, primeiro-ministro da Itália e ex-presidente do nada heterodoxo Banco Central Europeu (BCE).

O teto seria estabelecido via mercado segurador, e revela-se que 90% dos seguros de carregamento de petróleo mundial são feitos na City londrina. Viria daí uma primeira resistência; afinal, inimigos, inimigos, negócios à parte. Quanto maior o preço da mercadoria, maior o prêmio (valor) do seguro.

A proposta também deixaria com um pé atrás aliados como Arábia Saudita, que não ficaria satisfeita ao ver o poder dos produtores ser minado. Por fim, daria mais um motivo a Putin para destinar a produção para a Ásia (China e Índia, principalmente) e reduzir as entregas na Europa. E todos sabem: produto em falta, preço em alta.

Enfim, tem tudo para não ir adiante.

 

Memória

O Globo conseguiu publicar uma página inteira sobre deficiências e fraudes no processo de votação tradicional, em cédulas, sem citar o Caso Proconsult, tentativa de manipular as eleições de 82 para impedir a vitória de Brizola e entregar o governo do Rio de Janeiro a um candidato preferido pelas forças que apoiavam a ditadura.

O esquema foi desmontado pela equipe de reportagem da rádio Jornal do Brasil (da qual fazia parte Randolpho de Souza, hoje na equipe do Monitor Mercantil).

O “esquecimento” global talvez tenha relação com a máxima de que não se fala de corda em casa de enforcado.

 

Governança até a página 3

A retomada na sanha de vender refinarias da Petrobras, em um momento de falta de combustíveis no mundo, deveria motivar os ciosos acionistas estrangeiros da estatal, que tanto defendem a governança da empresa, a entrar com reclamação na SEC. Alguém acredita?

 

Rápidas

Nós e o Eléctrico, o Eléctrico e Nós é a nova exposição de Cocco Barçante, em Lisboa, que comemora 45 anos de carreira do artista. A abertura será nesta quinta *** A Câmara da Indústria de Energia, Petróleo e Gás da Fiemg realizará nesta quarta-feira, às 14h, debate sobre a Resolução Normativa 1.000/2021, da Aneel. Inscrições aqui *** Nesta quarta-feira, às 18h, acontecerá o Levanta! Ao Vivo, no Teatro Solar de Botafogo, com shows de Ananda Jacques, Gustavo Deppe e Lucca Fortuna *** O Lecadô inaugura essa semana quiosques nos shoppings Boulevard Rio (Vila Isabel) e Smart Campo Grande; em agosto, será a vez do Recreio Shopping. A rede de docerias passará a contar com 44 unidades no Rio de Janeiro *** Em defesa da diversidade cultural, étnica, biológica, social, sexual e contra o preconceito, amigos lançam o movimento “Famílias da Diversidade”, neste sábado, às 14h, no Grua Retífica Bar (RJ 130, 251, Duas Pedras), em Nova Friburgo, Região Serrana do Rio *** A equipe do escritório LP Law foi reconhecida pela publicação internacional Chambers and Partners por sua atuação no setor de Shipping. O sócio-fundador da banca, Alessander Lopes Pinto, recebeu reconhecimento como liderança individual na mesma categoria *** O Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB) manifestou profundo pesar pela perda de Condorcet Pereira de Rezende, ocorrida nesta terça-feira, no Rio de Janeiro, aos 91 anos. Professor, sócio-fundador do Ulhôa Canto Advogados, era um dos expoentes do Direito Tributário e Societário.

 

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Jurançon e seus encantadores vinhos brancos

Doces e secos com equilíbrio ímpar dulçor/acidez e envolvente perfil aromático.

Ameaça de demissões expõe crise na Saúde

Piso de menos de 4 SM para enfermagem revela desvalorização.

O que já sabemos sobre o novo SUV Fastback

Modelo será posicionado acima do Pulse

Últimas Notícias

Fiagros têm captação líquida satisfatória até junho

Esses fundos entraram em operação em agosto de 2021

Vendas financiadas de veículos leves e pesados crescem pouco

Em relação a julho de 2021, no entanto, queda é de 18,8%

Índices influenciaram o mercado nesta semana

Ibovespa encerrou nesta sexta-feira com alta de 2,33%

Petrobras informa sobre venda de direitos minerários de potássio

A Petrobras informa que iniciou a etapa de divulgação da oportunidade (teaser), referente à venda de seus direitos minerários para pesquisa e lavra de...

China aposta no controle da inflação este ano

BPC: condições favoráveis para manter os preços geralmente estáveis