Para deputado, autonomia do BC vira ‘bolsa banqueiro’

Já a representante da Rede, deputada Joenia Wapichana, afirmou que a medida diminui o poder de atuação do presidente da República eleito. “Isso abre a possibilidade de uma política econômica eleita pelo voto popular não ser seguida pelo Banco Central”, alertou.

A autonomia do Banco Central, aprovada às pressas nesta quarta-feira pela Câmara dos Deputados foi severamente criticada pelos políticos da oposição. O deputado federal Ivan Valente (PSOL) chamou o projeto de lei (PLP 19/19) de “bolsa banqueiro”.  “É uma verdadeira captura das decisões de política monetária, de política fiscal, de política de crédito, a favor do capital financeiro e dos bancos”, ressaltou.

Já a representante da Rede, deputada Joenia Wapichana, afirmou que a medida diminui o poder de atuação do presidente da República eleito. “Isso abre a possibilidade de uma política econômica eleita pelo voto popular não ser seguida pelo Banco Central”, alertou.

O líder do PT, deputado Enio Verri (PT), afirmou que a autonomia não vai resolver os problemas do país. “Como é que fica se o Banco Central começa a tomar uma política que diverge da política do governo? Como é que resolve esse choque?”, questionou.

A ex-deputada Manuela d’Ávila (PCdoB), nas redes sociais, criticou: “Desastroso! Autonomia do Banco Central.” O projeto de lei, que caba de ser aprovado em plenária, não foi submetido a debate  em audiência pública, tanto na Câmara dos Deputados como no Senado. “A raposa não pode tomar conta do galinheiro!”, ressaltou. Já o deputado federal Paulão (PT) disse que a autonomia do BC é um “projeto de lesa-pátria” e reafirmou que votou contrário à medida:

Leia mais:

Comissão do Orçamento prioriza vacina, emprego e distribuição de renda

Minas e Rio têm os combustíveis mais caros do Sudeste

Artigos Relacionados

Eletrobras: Firjan critica MP e recomenda veto presidencial

Para federação, emendas reduzem competitividade: 'é função do Governo Federal zelar pelo bom funcionamento do setor elétrico'.

Estabilidade garante que servidor denuncie irregularidades

Para Fenafisco, reforma administrativa vai destruir estrutura pública e enfraquecer os meios de denúncia dos servidores públicos.

CPI da Pandemia vai apurar quem recebeu ’pixulé’?

O ex-ministro da Saúde general Eduardo Pazuello foi “expulso” da pasta por não ceder à corrupção, afirmou o deputado Luis Miranda (DEM-DF) em entrevista...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

ENS e Ministério da Agricultura fazem live para lançar curso gratuito

Live no dia 7 de julho terá a participação de representantes do MAPA e especialistas em agronegócio.

Carta Fabril lança o papel higiênico premium Cotton Folha Tripla

Novidade foi desenvolvida para levar mais maciez com preço justo ao consumidor

LDZ Escola abre curso de animação digital 2D da ToonBoom Animation

Arte digital e cultura nerd beneficiam saúde e qualidade de vida.

Vendas Club traz conteúdo exclusivo para todo o Brasil

Propósito é prestar serviço para profissionais se manterem atualizados sobre o cenário de vendas.

Imóveis comerciais: segmento deve reaquecer de forma gradual

Desaquecimento por imóveis comerciais ocorreu por causa do home office imposto pelas restrições sanitárias.