Para não dizer que não falei de investigações

Matéria publicada nesta quinta-feira pelo jornal britânico The Guardian revela uma investigação sobre a influência, na política norte-americana, dos financiamentos das grandes corporações. A distorção da democracia pelo grande capital foi alvo tanto do democrata Bernie Sanders quanto do republicano Donald Trump. Os arquivos John Doe mostram irregularidades na campanha de Scott Walker, governador de Wisconsin e ex-candidato à Presidência dos EUA pelo Partido Republicano.

O que isso tem a ver com o Brasil? A investigação foi iniciada em 2012 por procuradores que suspeitavam de problemas com as contas de Walker. Em 2015, os arquivos foram literalmente queimados, por ordem da justiça. Só então alguns documentos vazaram e foram parar nas mãos dos jornalistas da publicação britânica. John Doe não é uma pessoa, mas um instituto legal que permite algumas ações na fase anterior ao processo. Por exemplo, uma pessoa pode ser conduzida coercitivamente para dar um depoimento. Mas o objetivo não é o espalhafato midiático; ao contrário, é proteger testemunhas e acusados. Nada de condenação pela imprensa, nada de prisões televisionadas. A John Doe visa apurar, não crucificar supostos culpados. E faz parte do arcabouço legal de Wisconsin, não é um ato criado a critério do juiz.

O papel da justiça também é um bom tema para se fazer um paralelo. Há quem defenda, no Brasil, eleição para os ministros dos tribunais superiores. Em Wisconsin é assim. A investigação descobriu que, em 2011, um juiz teve sua campanha à reeleição turbinada por US$ 3,5 milhões de doadores não revelados, que bancaram forte campanha na TV. O governador Walker comandou o apoio, pois precisava manter a maioria conservadora na Corte. Quatro anos depois, o juiz não se sentiu impedido de votar contra a John Doe.

Finalmente, a investigação não se limitou à convicção dos procuradores. Foi encontrada, por exemplo, doação de US$ 750 mil feita por uma indústria local que produzia tinta com chumbo. O dinheiro foi canalizado à campanha de Walker através de um comitê paralelo. À mesma época, o Legislativo estadual, controlado pelos republicanos, criou leis tornando muito mais difícil a pessoas envenenadas pela tinta com chumbo processar a indústria e outros fabricantes de produtos similares.

Os arquivos John Doe não se limitaram a corporações locais. Aparecem nomes de alguns das mais poderosas e ricas figuras da direita, como o cofundador da Home Depot Ken Langone, o administrador de fundos de hedge Paul Singer e… Donald Trump.

Fora da mesa

Desde 2015, 175 amostras de azeite foram analisadas no Brasil. Segundo os auditores fiscais federais agropecuários, 52% apresentou desconformidades. Em 2016, algumas empresas chegaram a pagar multas de mais de R$ 500 mil. Entre as irregularidades, azeites que não estavam em condições para o consumo e produtos de baixa qualidade que eram ofertados como extravirgem. Denúncias podem ser feitas pelo consumidor através do e-mail [email protected]

Popular

A Policlínica Granato inaugura dia 17 unidade no Carioca Shopping, na Vila da Penha. Trata-se de uma rede com exames e consultas a preços acessíveis. Os exames custam a partir de R$ 4 (glicose), e as consultas, a partir de R$ 69. A Policlínica já realizou cerca de 900 mil atendimentos desde que foi criada em 2008.

Paulo Granato, médico e idealizador do empreendimento, é de família do ramo: seu avô fundou o laboratório Paschoal Granato, tocado depois pelo filho.

Rápidas

No próximo dia 22, a partir das 14h30, o Sindicato dos Médicos do Rio receberá os candidatos a prefeito da capital para debate com a categoria, na Avenida Churchill, 97, 11º andar *** De 19 a 21 de setembro, das 13h às 20h, a Marintec South America, dedicada à indústria naval e offshore, estará no Centro de Convenções SulAmérica do Rio de Janeiro *** A Secretaria de Cultura do Rio de Janeiro publicou edital que vai escolher um agente para desenvolver um estudo técnico (modelagem) para reconstrução e gestão do Teatro Villa Lobos. O prazo para inscrição é 21 de setembro, em www.cultura.rj.gov.br/pmi-teatro-villalobos/ *** O jornalista Allex Colontonio, ex-editor-chefe da revista Casa Vogue, lança dia 20, com Talita de Nardo Missaglia, a GIZ, veículo online que terá estrutura de jornal diário aliado a uma revista trimestral sobre arquitetura, design, arte e decoração *** As inscrições para o Concurso Público do Corpo Auxiliar de Praças da Marinha (CAP), com 165 vagas de nível médio técnico, continuam abertas até o dia 20em ingressonamarinha.mar.mil.br *** Nesta quinta começou a 11ª edição da campanha “Universitário Sangue Bom”, que levará coletas itinerantes de sangue para diversas faculdades no Rio de Janeiro, em parceria com o Hemorio e patrocínio do Instituto Masan *** A Associação dos Advogados de São Paulo (AASP) realiza o seminário A Cordialidade Forense, na próxima segunda-feira, a partir das 14 horas, na sede da entidade (Rua Álvares Penteado, 151 – Centro, capital).

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEm alta e em baixa
Próximo artigoInício de um ciclo

Artigos Relacionados

Bolsonaro invade TV Brasil

Programação foi interrompida 208 vezes em 1 ano para transmissão ao vivo com o presidente.

FMI: 4 fatores ameaçam inflação

Fundo acredita que preços deem uma trégua no primeiro semestre de 2022, mas...

Pandora Papers: novos atores nos mesmos papéis

Investigação mostra que pouco – ou nada – mudou desde 2016.

Últimas Notícias

Elevação na Selic deve repercutir no mercado

EUA: divulgação de PIB do terceiro trimestre e balanços de grandes empresas são o foco das atenções no cenário internacional.

TSE forma maioria contra cassação da chapa Bolsonaro-Mourão

PT, PCdoB e PROS pedem cassação da chapa por cometimento de abuso de poder econômico e uso indevido dos meios de comunicação.

IGP-M acumula inflação de 21,73% em 12 meses

Alta da taxa de setembro para outubro foi puxada pelos preços no atacado.

Mirando agora na PEC dos Precatórios

Ultrapassada a decisão do Copom, investidores vão mirar na avaliação da PEC cheia de 'jabutis' que ainda não foram retirados.

Funcionalismo público: críticas e realidade da categoria

Por Relly Amaral Ribeiro.