Parla, Meirelles!

Parla, Meirelles!
A Auditoria Cidadã da Dívida tem um motivo bastante especial para convidar entidades e movimentos sociais para a próxima audiência da CPI da Dívida, quarta-feira, às 9h, na Câmara dos Deputados. Entre os convidados a explicar o tema aos integrantes da CPI, o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, e o ministro da Fazenda, Guido Mantega.

Lágrimas de crocodilo
Em uma de suas cenas mais emblemáticas, Corações e Mentes, um dos filmes-síntese da Guerra do Vietnã, mostra as filmagens sobre os estragos provocados por um dos incontáveis bombardeios dos Estados Unidos, acompanhado do comentário jocoso dos vietnamitas: “Esses estadunidenses são engraçados. Jogam bombas e depois se espantam com a destruição que causam.”
A analogia é válida diante dos comentários daqueles que, afetando comoção com a tragédia vivida pelos cariocas, principalmente os mais humildes, requentam o batido slogan da remoção das favelas como panacéia para pôr termo à rotina dos desmoronamentos. Para a contrição soar sincera, deveriam explicar, então, as razões da sua defesa candente do desvio de recursos – R$ 160 bilhões, apenas em 2009 – para o pagamento de juros, em detrimento de gastos produtivos e sociais, como os indispensáveis a uma política habitacional, até agora, inédita no país. O resto, são lágrimas de crocodilo, e eleitorelismo barato.

Dividendos
A OdontoPrev prevê distribuir, no primeiro semestre, cerca de R$ 435 milhões em dividendos aos seus acionistas relativos ao exercício de 2009. Em fevereiro, a empresa distribuiu R$ 72 milhões em dividendos. Para abril, anuncia R$ 115 milhões via redução de capital e, até o fim do semestre, mais R$ 248 milhões, em cumprimento a decisão da assembléia de 25 de março: “Trata-se de fluxo de remuneração significativo, apenas três anos após a emissão primária de R$ 171 milhões no Novo Mercado da BM&FBovespa, em dezembro de 2006. Para cada R$ 1 investido, o acionista tem hoje cerca de R$ 2,50, claramente um dos IPO de maior sucesso no mercado de capitais brasileiro nos último anos”, afirma o diretor de Relações com Investidores da OdontoPrev, José Roberto Pacheco, acrescentando que a empresa aprovou o aumento do payout  (percentual mínimo de distribuição de dividendos) de 25% para 50%, a partir do exercício de 2010.

À deriva
Tendo em vista os altíssimos índices de desemprego nas nações desenvolvidas, o economista Adriano Benayon, da UnB, ressalta que, nos países centrais, há grande revolta da população contra as operações para salvar os bancões, seguidas de medidas de arrocho social, sem que nenhuma mudança seja feita para controlar a liberalização financeira: “A irresponsabilidade foi total: não se consertou a fechadura, mesmo depois de arrombada a porta”, critica.

Falta de educação
O deputado federal Ivan Valente  (PSOL-SP) encaminhou, quinta-feira, ofício ao governador de São Paulo, Alberto Goldman  (PSDB), questionando a presença de arapongas da PM na manifestação dos professores estaduais, em 26 de março, nas redondezas do Palácio dos Bandeirantes. No ofício, ele pede a identificação dos responsáveis pela decisão e do policiais que participaram do ato sem identificação.

Educar: crime perigoso
Segundo o parlamentar do PSOL, a participação dos arapongas foi admitida em nota oficial da PM, havendo ainda denúncias e indícios de que diversos policiais se infiltraram na assembléia da categoria, duramente reprimida pela tropa de choque da PM: “A infiltração de policiais é algo autorizado pela Justiça para investigar questões do crime organizado, de combate ao tráfico, e não para espionar uma manifestação legítima de trabalhadores em greve. Foi mais uma demonstração da prática autoritária e anti-democrática dos tucanos no governo de São Paulo”, criticou.

PSOL decide
O PSOL realiza, neste fim de semana, no Rio, sua III Conferência Nacional Eleitoral, com início às 10h de sábado, na Casa do Estudante Universitário (CEU) da UFRJ, na Avenida Rui Barbosa 762, no Flamengo. A conferência irá escolher o candidato do PSOL à presidência da república. Concorrem ao posto o ex-deputados federais Plínio de Arruda Sampaio e Babá e o presidente da seção de Goiás do partido, Martiniano Cavalcante Neto.

Artigo anteriorNota zero
Próximo artigoGarfada no FGTS
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Argentina fechará com China parceria do Cinturão e Rota

Iniciativa pode ser pontapé inicial para desenvolvimento e integração da América Latina.

G20 analisa aumentar taxação de corporações, mas…

Proposta tem que ser vantajosa para todos, não só para as sedes das multinacionais.

Botes salva-vidas para a classe A

No mundo de negócios, é tudo uma questão de preço.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

‘Eu quero uma casa no campo…’

Êxodo urbano: mais de 1,3 milhão de famílias brasileiras pretendem migrar para áreas rurais.

Direita vence no Equador

Banqueiro Guillermo Lasso vence socialista Andrés Arauz no segundo turno da eleição.

Mercados internacionais abrem com cautela

Enquanto isso acontece lá fora, aqui Ibovespa ensaia leve alta.

Semana começando sob tensão

Desde a semana passada, segue a novela do Orçamento.

Eleição no Peru está indefinida. Empate técnico entre 5 candidatos

Primeiro turno será no domingo. segundo turno está previsto para o dia 6 de junho.