Patos

Com a alta de 2,63%, quinta-feira, quando fecharam a R$ 1,14, as ações preferenciais nominativas (PN) da Unipar acumulam, em apenas três pregões, um ganho de cerca de 30%. Com isso, o número de negócios praticamente dobrou, passando dos 500 a 600 que, então, registrava, para 1.126. É a repetição da famosa máxima que faz a festa dos espertos do mercado de que “os patos entram na alta para, apavorados, saírem na baixa”.

Ouro espanhol
A Espanha prevê se tornar, já em 2010, o principal produtor de ouro da Europa. Com as últimas prospecções em El Valle y Carlés, na província de Astúrias, a cargo do grupo grupo canadense Kinbauri Gold Mines, a produção de ouro do país pode chegar a 145 mil onças (1.510 quilos) anuais. Caso as projeções se confirmem, em uma década, poderão ser extraídas 900 mil onças de ouro, além de 100 milhões de libras de cobre, que gerariam cerca de 700 milhões de euros (cerca de R$ 2,1 bilhões). De cada tonelada extraída daquelas minas, 70% serão de ouro, 30%, prata e 5% cobre.

Turismo a negócio
Elaborado pensando naqueles que ingressam nos cursos de Turismo e Hotelaria ou simplesmente desejam conhecer melhor os bastidores da atividade turística, o livro Introdução ao Estudo do Turismo (Editora Campus-Elsevier), de autoria dos professores Bayard Boiteux e Mauricio Werner, será lançado dia 26, às 19h, na livraria Travessa de Ipanema (Rua Visconde de Pirajá 572).
Boiteux salienta que a obra abrange desde os fundamentos do turismo e da hotelaria aos prestadores de serviços turísticos, planejamento, marketing, sistema oficial, análise do mercado mundial de viagens, as novas tendências e o ensino. “A concepção do livro é prática”, diz Werner, que afirma terem os autores baseado as informações em experiências vividas em viagens nacionais e internacionais, nas empresas em que atuaram e, sobretudo, na sistematização das informações. Mais informações em www.elsevier.com.br

Barcelona nua
Falar em turismo, brasileiros que visitam Barcelona se deparam com uma cena, no mínimo, exótica. Nas proximidades dos tradicionais Bairros Born e Gótico, dois provectos catalães costumam caminhar nus pelas ruas da capital da Província da Catalunha. Enquanto turistas e espanhóis e de outras partes do país se surpreendem com a presença da inusitada dupla, para os locais, eles já parecem incorporados à paisagem.

Não pode, “pero”…
Quem pergunta se tal exposição pubiana não contraria a lei, os catalães, sempre ciosos da autonomia das suas leis e costumes em relação à Constituição do país, explicam existir um impasse legal. Por um lado, existe a permissão legal para pessoas se despirem em locais, como praias de nudismo, mas outro dispositivo pune aqueles que, por seu comportamento, causem constrangimentos aos outros. Na dúvida, os peladões seguem com seu passeio diário, em geral, com um a pé e outro pedalando sua bicicleta.

Contabilidade
O Grupo de Estudos do Setor Elétrico da UFRJ abriu inscrições para o curso de extensão “Os padrões internacionais de contabilidade e o processo de convergência a partir do Comitê de Pronunciamentos Contábeis”. Ministrado entre os próximos dias 26 e 27, de 9h às 18h, o curso tem como objetivo apresentar e discutir as principais mudanças a serem adotadas pelas empresas no processo de adaptação à nova legislação contábil brasileira e de aplicação das normas internacionais de contabilidade. Maiores informações no telefone (21) 3231-9021.

Arthur x Arthur
A Velhinha de Taubaté, pelo menos, ainda aguarda que o líder do PSDB no Senado, Arthur Virgílio, cumpra a promessa feita publicamente de representar contra si próprio no Conselho de Ética da Casa depois que foi revelado que o tucano mantinha o pagamento de R$ 10 mil para um apaniguado lotado em seu gabinete que fazia Doutorado em Teatro em Ibiza, na Espanha.

Meu menino
Ao tentar diferenciar seu caso do presidente da Casa, José Sarney (PMDB-MA), Arthur alegou que apenas mandou “um menino para estudar”. Seria comovente, se o zelo do líder tucano com a educação do rapaz saísse do seu próprio bolso em vez de onerar o contribuinte brasileiro.

Artigo anteriorLições de Hiroshima
Próximo artigoFora da pauta
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Na pandemia, BNDES vendeu ações que agora valem o dobro

Em nove meses, banco perdeu R$ 8 bi só em 1 operação.

Desigualdade, Big Tech e EUA são maiores ameaças à democracia

7 em 10 chineses avaliam que seu país vai bem na questão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Queda de faturamento atinge 82% dos MEI

Em Minas, 60% dos microempreendedores individuais formalizados na pandemia abriram o negócio por oportunidade.

Inflação oficial fica em 0,31% em abril

Grupo com alta relevante no mês foi alimentação e bebidas (0,40%), devido ao comportamento de alguns itens.

Manhã de hoje é negativa em quase todo o mundo

Em Nova Iorque, Dow Jones e S&P futuros cediam 0,10% e 1,04%, respectivamente.

Projeção da Selic é de 5% no final deste ano

Para o ano que vem, analista projeta 6,5%, dado o alerta do Copom sobre o ritmo de normalização após reunião de junho.

Dia começando ruim nos mercados globais

Ontem, os mercados abertos na parte da tarde desaceleraram, com o Dow Jones fechando em queda de 0,10%.