27.6 C
Rio de Janeiro
sexta-feira, janeiro 15, 2021

Pede pra sair

Em conversa com um amigo estrangeiro que mora no Brasil, não houve como não ficar constrangido ao ser questionado como pode haver tantas acusações contra o presidente da República e boa parte de seus ministros e todos se manterem firmes no poder. Não se trata de julgamento antecipado, mas os três inquéritos – dois já viraram denúncias – contra Temer seriam mais que suficientes, em outros países, para uma renúncia. Se não bastasse, seis dos sete ministros que foram com o presidente à reunião do Brics na China, no início do mês, também são alvos de inquéritos (um já foi condenado).

A turma que está no poder exerce seu papel de testa de ferro do sistema financeiro internacional, aplicando uma política de arrasa quarteirão, enquanto se contenta em ficar com as rebarbas (e que rebarbas) que o plano antinacional vai deixando. Para isto, contam também com grande complacência da mídia. Nesta quinta-feira, dia em que a Polícia Federal cumpria mandato de busca e apreensão no apartamento do ministro da Agricultura, Blairo Maggi, assim como em outros endereços em Mato Grosso e São Paulo, o integrante do Governo Temer dava entrevistas e mantinha sua agenda como se a ação da PF fosse algo corriqueiro. Nesse governo, é.

 

Propina na saúde

Com as delações do doleiro Lúcio Funaro, está sob suspeita a liberação do capital estrangeiro na saúde, por meio da Medida Provisória 656/2014 e posterior Lei 13.097/2015. Funaro diz que a aprovação foi obtida mediante propina paga por empresas de planos de saúde e hospitais privados.

Assim, a Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), juntamente com entidades da saúde e da sociedade civil, defende que o Supremo Tribunal Federal (STF) analise logo a inconstitucionalidade da lei, com fundamento na existência de vício na sua origem.

O Psol já havia entrado com ação questionando a mudança. O caso está com a ministra Rosa Weber.

 

Homenagem

Chen Weihua recebeu, nesta quarta-feira, na Assembleia Legislativa de São Paulo, a condecoração da Cruz de Honra Constitucionalista, que reconhece seu trabalho desenvolvido no Brasil à frente da Agência Internacional de Notícias Xinhua nos últimos oito anos.

 

Nas redes

O deputado estadual Paulo Ramos (Psol-RJ) envolveu-se em uma polêmica que foi parar nas redes, na forma de um vídeo, e desaguou em uma briga interna do partido. Durante visita que fez com outros deputados ao Centro de Proteção Animal, da Prefeitura do Rio, na Fazenda Modelo, se alterou com um grupo de mulheres, e de tanto apontar o dedo em riste na direção de uma delas, acabou derrubando o celular da moça.

Segundo Ramos, antes do início da visita, já tinha ocorrido uma discussão, não postada nas redes. O que se vê na filmagem é a parte dois do entrevero, em que o deputado se exalta após uma mulher chamar a visita de “circo”.

Lamentavelmente, até integrantes do meu partido (Psol de Niterói), mais seduzidos por equivocada luta interna, se associaram aos farsantes”, acusa Paulo Ramos.

 

Rápidas

A Associação dos Embaixadores de Turismo do RJ fará a entrega do prêmio Yedda Maria Teixeira no próximo dia 27, no Hotel Copacabana Praia *** A Arlanxeo está com inscrições abertas para o seu Programa de Estágio 2018, com oito vagas. As inscrições são pelo site www.institutocapacitare.com.br (Vaga CAP 6642) *** Os maiores representantes da indústria e da inovação no Brasil estarão presentes no 1º Fórum de Inovação Startup Indústria, promovido pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), em São Paulo, no próximo dia 22, das 8h30 às 17h30. O palestrante principal será um dos principais executivos de economia global, Dennis Tsu, diretor de Estratégia Corporativa do Stanford Research Institute (SRI). Detalhes em https://startupindustria.com.br/ *** Até 30 de setembro, o Center Shopping Rio, em Jacarepaguá, está com a Loja do Bem – um espaço destinado a receber doações de mantimentos, que serão destinados ao abrigo Retiro dos Artistas *** Para comemorar a semana do aniversário de São Gonçalo (RJ), o Shopping Pátio Alcântara terá uma programação especial e gratuita entre 18 e 23 de setembro. A Mostra de Dança Inclusiva, o Cinema a Céu Aberto, a Feira do Livro e uma Mostra de Orquídeas *** Vencedor em três categorias do Oscar 2017, incluindo a de melhor filme, Moonlight marca presença dia 20 no Cine AASP. Inscrições: www.aasp.org.br/eventos *** Esta coluna dará merecido descanso de dez dias aos leitores. O colunista irá conhecer a nova (e a antiga) Rota da Seda.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Grande produtor rural não paga impostos

Agronegócio alia força política a interesses do mercado financeiro.

Não foi a disrupção que derrotou a Ford

Mercado de automóveis está mudando, mas montadora sucumbiu aos próprios erros e à estagnação que já dura 6 anos.

Quantas mortes pode-se debitar na conta de Bolsonaro?

Se índice de óbitos por Covid-19 no Brasil seguisse a média mundial, teriam sido poupadas 154 mil vidas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Varejo sente redução no auxílio e alta da inflação

Comércio ficou estável em novembro e quebrou sequência de recuperação.

Senado quer que Pazuello se explique

Pedido de convocação para cobrar ação do Ministério da Saúde no Amazonas.

Lenta recuperação na produção industrial dos EUA

Setor ainda está 3,6% abaixo do nível anterior à pandemia.

Realização de lucros em âmbito global

Bolsas europeias e os índices futuros de NY operam em baixa nesta manhã de sexta-feira.

Desaceleração deve vir no começo do primeiro trimestre

Novo pacote de estímulo fiscal, bem como o avanço da imunização, deve garantir reaceleração em direção ao final do período.