Performance

Um ex-executivo de um dos principais grupos nacionais e hoje com relações tênues com o mercado financeiro confessou à coluna ter ficado muito impressionado com a performance do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, ao assistir entrevista de Chávez ao programa Roda Viva, ano passado: “Olha, mudei minha opinião sobre ele. Pensava que era apenas um boquirroto, mas o cara sabe o que está fazendo”, disse, ressalvando, no entanto, que, apesar mudança da imagem em relação ao líder venezuelano, continua divergindo das políticas aplicadas naquele país.

Chávez
Foi antecipada a entrega da Medalha Tiradentes ao presidente da Venezuela, Hugo Chávez. A cerimônia será nesta quinta-feira, às 9h, na Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro.

Balanço
O prefeito do Rio, Cesar Maia, teve uma recaída em seu lado contador. Em seu Ex-blog, Maia denuncia uma “fraude fiscal”, por causa de uma suposta contabilização incorreta da dívida pública de estados e municípios. Segundo o prefeito, o déficit público é bem maior do que o oficial. Cesar Maia poderia ter gasto suas baterias em mostrar o aumento absurdo das dívidas, que deixou com a corda no pescoço praticamente todos os governadores que acabaram de tomar posse.

Rais
Começou nesta quarta-feira o prazo para entrega da declaração da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) ano-base 2006. O programa gerador da declaração da Rais (GDRais), contendo o manual explicativo e o formulário da declaração, já está disponível na página do Ministério do Trabalho e Emprego (www.mte.gov.br) ou em www.rais.gov.br

Reajuste
O piso salarial dos trabalhadores do Rio de Janeiro aumentará 15%. O reajuste, proposto pela ex-governadora Rosinha Garotinho no apagar das luzes de seu governo e contestado por indústria e comércio fluminense, foi aprovado pelos deputados estaduais, durante sessão extraordinária. Os pisos atendem a cerca de 1,5 milhão de trabalhadores e variam de R$ 404,02 a R$ 486,13. O aumento é retroativo a 1 de janeiro.

Linha cruzada
A Prefeitura do Rio passará a cobrar da Telemar uma taxa de utilização de áreas públicas por orelhões, a Tuap. A cobrança veio de um decreto, no qual a Prefeitura critica a operadora pela “anarquia” que estaria ocorrendo nos orelhões, com a colocação da marca “Oi” na cidade, que o poder público considera uma forma de anúncio. Em caso de inadimplência, a Telemar terá a licença cancelada e o aparelho será retirado. O valor da taxa ainda não foi definido.

Tom
No próximo dia 25, comemoram-se os 80 anos do nascimento de Tom Jobim. O Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro, que leva o seu nome, homenageia o maestro com a Semana Tom Jobim, quando as suas principais obras serão apresentadas em shows musicais, a partir desta sexta-feira. Estão programados shows diários, às 10h e às 19h.

Crédito
A entrega de 57 outorgas de direito de uso de água à Cedae pela Superintendência Estadual de Rios e Lagoas (Serla) permitirá à empresa de saneamento do Rio obter novos financiamentos para investimentos. Foram entregues 111 outorgas a empresas – como Xerox e Eletronuclear – e concessionárias do serviço público.

Numerologia
Além de aplicar nos gordos juros pagos pelo Governo Lula, o milionário acertador solitário da Mega-Sena pode usar sua incrível sorte para faturar uns trocados ensinando clientes de operadoras celulares a pagar sem errar sua conta clicando os algarismos do código de barras fornecido pelas empresas. Para quem aproveitou uma oportunidade em 1,5 bilhão de chances para levar o prêmio máximo com um único jogo, deve ser moleza digitar, sem errar uma vez sequer, os 48 algarismos que a Vivo, por exemplo, obriga seus pobres clientes a digitarem para poderem pagar a conta nas loterias.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCELULOSE E PAPEL
Próximo artigoDireita histérica

Artigos Relacionados

Engie valerá R$ 2,5 bi a mais após acordo com Aneel

Semana passada, o Monitor noticiou que a proposta da Aneel de repactuação do risco hidrológico (GSF) deixaria a conta a ser paga pelo pequeno...

Apelo de Biden ao multilateralismo fica sem crédito

Na ONU, presidente dos EUA desmente mundo dividido em blocos rígidos.

Fintechs e bancos disputam quem cobra mais

‘Não temos vergonha de sermos bancos’, diz Febraban; mas deveriam.

Últimas Notícias

Copom elevou taxa de juros em 1% para 6,25% ao ano

Aguardamos agora a ata que será divulgada na próxima terça-feira para maiores informações sobre a trajetória da taxa Selic.

Alemanha escolhe sucessor de Merkel no próximo domingo

Eleições deverão ser as mais concorridas dos últimos anos; pesquisas indicam vitória do SPD, social-democrata.

Reajuste salarial fica abaixo da inflação em agosto

Fipe: não houve aumento mediano real como resultado de negociações nos últimos 12 meses; desde setembro, índice tem oscilado de -1,4% a zero.

Clima positivo no exterior deve beneficiar índice Bovespa

Mercado internacional opera no positivo motivado por noticiário sobre Evergrande.

Evergrande, Fed e Copom

Bovespa encerrou o segundo dia de alta com +1,84% e índice em 112.282 pontos, mas na máxima chegou a atingir 113.321 pontos.