Petróleo para o desenvolvimento do Brasil

A Associação dos Engenheiros da Petrobrás (Aepet) divulgará dia 30 o Programa Setorial para as Eleições Gerais de 2018. O estudo apresenta diagnóstico e propostas para o setor do petróleo, gás natural e energia, no sentido de assegurar a soberania e promover o desenvolvimento nacional.

Entre as propostas, está reverter privatizações de ativos da Petrobras e leilões de petróleo ocorridos no período Temer e garantir a continuidade operacional das Fábricas de Fertilizantes Nitrogenados (Fafens) e da Petrobras Biocombustível (PBIO).

Outra medida será rever a política de preços dos combustíveis – que tanto prejuízo causou ao país, principalmente, mas não só, com a greve dos caminhoneiros.

Desenvolver a política de conteúdo local é outra bandeira levantada pela Aepet. Como disse o presidente do Clube de Engenharia, Pedro Celestino, “estão querendo trocar um modelo bem-sucedido, inspirado pela Noruega, por um desastre econômico e social, cujo símbolo entre estudiosos é a Nigéria”.

O estudo propõe que seja assegurado o direito da Petrobras como operadora única no pré-sal. Deve-se revisar a Lei da Partilha e adotar prioritariamente a contratação direta para prestação de serviços para garantir, no mínimo, 70% do óleo lucro para a União e elevação da participação mínima da Petrobras de 30% para 60% nos consórcios.

A Aepet propõe limitar a exportação de óleo cru. “Nenhum país se desenvolveu exportando petróleo por multinacionais estrangeiras”, sentencia a Associação. Uma política para o setor passa também por investimentos crescentes em Ciência e Tecnologia, biocombustíveis e energias potencialmente renováveis.

O Programa pode ser acessado em www.aepet.org.br/w3/index.php/artigos/noticias-em-destaque/item/1980-video-explica-as-propostas-da-aepet-sobre-petroleo-e-energia-para-as-eleicoes-de-2018

A apresentação começará às 18h, na sede do Clube de Engenharia (Avenida Rio Branco, 124, 20º Andar, Centro, RJ).

 

Saúde em destaque

A Fiocruz recebe, desta quinta a domingo, o 12º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, o Abrascão 2018. Trata-se do maior evento da área de saúde da América Latina. O encontro, que reunirá 7 mil congressistas, tem como objetivo fortalecer o Sistema Único de Saúde (SUS).

A médica Michelle Bachelet, presidente do Chile por dois mandatos (2006–2010 e 2014–2018), fará a palestra de abertura com o tema “Direitos e democracia: sistemas universais e públicos de saúde”.

O encontro abrigará a apresentação de 5.653 comunicações científicas, oriundas de mais de 3 mil instituições, entre universidades e centros de pesquisas públicas e privadas, além de secretarias municipais e estaduais, governo federal e movimentos sociais. Mais de 120 atividades científicas acontecerão em simultâneo em 22 espaços do campus da Fiocruz.

 

Auxílio-moradia

A Previdência começou a cobrar de volta o dinheiro que aposentados conseguiram obter na justiça, via tutela antecipada, a título de desaposentação, tese desmontada pelo STF. Aparentemente, contam com apoio do Judiciário para bloquear os valores nas aposentadorias, limitados a 30% do que é pago por mês.

Desde 2014, magistrados e membros do MP recebem auxílio-moradia, cuja legalidade é questionada no Supremo (a ação dormita com o relator, ministro Luiz Fux). Se considerado ilegal, todos deverão devolver a bufunfa recebida irregularmente?

 

Rapidez

A PF diz que já tem pistas para identificar os manifestantes que jogaram tinta vermelha no Supremo Tribunal Federal, nesta terça-feira. Já o ataque a tiros à carava do PT no Sul, ou ao acampamento em curitiba, continuam na lista de crimes sem solução.

 

Rápidas

A Fecomércio MG divulga nesta quinta-feira estudo da CNC com a estimativa da Empregabilidade no Turismo em Minas Gerais *** Nesta quinta-feira, o West Shopping recebe show especial gratuito da banda Falsas Amélias, a partir das 19h *** No domingo, o grupo Bokaloka se apresenta no Shopping Jardim Guadalupe, a partir das 19h, com pagode e da roda de samba *** Felipe Costa, CEO da Midea Carrier Brasil desde 2015, assume também o cargo de CEO para o Cone Sul (Argentina, Brasil e Chile) *** O Balé da Cidade de São Paulo se junta à companhia sul-coreana Modern Table para o espetáculo NAK:TA, em uma única apresentação gratuita em 31 de julho, às 20h, no Theatro Municipal de São Paulo.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Na pandemia, BNDES vendeu ações que agora valem o dobro

Em nove meses, banco perdeu R$ 8 bi só em 1 operação.

Desigualdade, Big Tech e EUA são maiores ameaças à democracia

7 em 10 chineses avaliam que seu país vai bem na questão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Queda de faturamento atinge 82% dos MEI

Em Minas, 60% dos microempreendedores individuais formalizados na pandemia abriram o negócio por oportunidade.

Inflação oficial fica em 0,31% em abril

Grupo com alta relevante no mês foi alimentação e bebidas (0,40%), devido ao comportamento de alguns itens.

Manhã de hoje é negativa em quase todo o mundo

Em Nova Iorque, Dow Jones e S&P futuros cediam 0,10% e 1,04%, respectivamente.

Projeção da Selic é de 5% no final deste ano

Para o ano que vem, analista projeta 6,5%, dado o alerta do Copom sobre o ritmo de normalização após reunião de junho.

Dia começando ruim nos mercados globais

Ontem, os mercados abertos na parte da tarde desaceleraram, com o Dow Jones fechando em queda de 0,10%.