Petróleo por derivados

A importação de diesel a partir dos EUA atingiu mais de US$ 4 bilhões no período de janeiro a novembro de 2017, três vezes o valor importado em 2015, tornando-se o principal item de exportação norte-americana para o Brasil – 17,5% das vendas deles para cá, duas vezes mais que em igual período do ano passado. Gasolina são mais US$ 600 milhões, quarto item na pauta de exportações dos EUA para o Brasil, participação de 2,8%, quase três vezes maior que em 2016.

Já o parque de refino nacional vem mantendo uma injustificável ociosidade média da ordem de 500 mil bpd (barris por dia), enquanto as importações de diesel e gasolina atingem 350 mil bpd. As exportações de petróleo, por outro lado, subiram 39%, mostrando que estamos exportando óleo cru e importando derivados, uma contradição e um retrocesso sem precedentes”, critica Eugenio Miguel Mancini Scheleder, engenheiro aposentado da Petrobras.

 

Estado perdulário

Laerte Rimoli, presidente da EBC, quer enxugar os gasto com a estatal, que tem orçamento anaul em torno de R$ 680 milhões. Comentário de um amigo da coluna: “Curioso, o Estado gasta com toda a operação de sua TV pública o que gasta com publicidade apenas em uma TV aberta, retransmissoras e afiliadas não-inclusas.”

 

Contas na virada

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, além de prejudicar o contribuinte, antecipando o pagamento do ISS do dia 10 para o terceiro dia útil ao mês seguinte à prestação do serviço, atrapalhou também o final do ano dos contadores.

Os profissionais da contabilidade terão que correr contra o tempo e analisar todas as informações necessárias para apuração do ISS, emitir e enviar as guias de pagamento, para que sejam pagas no dia 4 de janeiro de 2018. Como um escritório, por exemplo, conseguirá cumprir este prazo? Não é possível que o prefeito e sua equipe técnica acreditem que seja algo viável”, protesta Vitória Maria da Silva, presidente do Conselho Regional de Contabilidade (CRCRJ).

O órgão relata que se reuniu com o prefeito e com a secretária de Fazenda, Maria Eduarda Gouvêa, em 11 de dezembro, logo após a divulgação do decreto com a antecipação do pagamento. Segundo o CRC, a prefeitura comprometeu-se a prorrogar a data, e agora, “com a desculpa de ‘falhas no sistema’, ignora o pleito da classe contábil”.

 

Saúde em primeiro lugar

O brasileiro deseja viver até os 85 anos, sabe que precisa adotar hábitos saudáveis, mas fica apenas na teoria. Este é um resumo da pesquisa “Como os brasileiros encaram o envelhecimento – versão 2017”, levantamento nacional realizado pelo Instituto Qualibest para a Pfizer.

O medo de ficar sem saúde pesa mais que os problemas financeiros. Dos 703 adultos entrevistados, 92% temem envelhecer. Nesse grupo, 70% se preocupam com a saúde, 64%, com as limitações físicas, 55% têm medo de ter problemas com a memória, e 45% citaram preocupações financeiras.

 

A propina dos tucanos é menor

A Folha de S.Paulo conseguiu produzir, em cima da bela manchete “Estaleiro diz que subornou Petrobras no Governo FHC”, uma matéria sobre… as propinas nos governos do PT. Os US$ 300 mil que o Keppel Fels admitiu – em processo nos Estados Unidos – ter pago em 2001 e 2002 para conseguir o contrato da plataforma P-48 são deixados de lado, e a reportagem prefere se deter na corrupção petista, comparando que “o valor do suborno é menor do que os relatados em contratos fechados nos governos Lula e Dilma Rousseff”. E por aí vai.

Temos então o interessante caso de um jornal que qualifica o valor de suborno para compor suas matérias. Por esta exótica escala, portanto, o “tríplex” no Guarujá que seria de Lula – coisa de menos de R$ 2 milhões) deveria perder espaço nas páginas da Folha para o apartamento que acusam FHC de ser dono em Paris – coisa de 11 milhões de euros, ou R$ 44 milhões.

Fernando Henrique Cardoso já desmentiu os boatos de que seria dono do apê de luxo na capital francesa, assim como Lula nega ser o proprietário do imóvel no litoral paulista. Mas, como a negativa do ex-presidente petista de nada serviu, caberia, por isonomia, à isenta imprensa investigar quem é o verdadeiro dono do apartamento parisiense, que pertenceria à família do ex-governador Abreu Sodré, sogro de Jovelino Mineiro, parceiro e sócio de FHC em alguns negócios.

 

Rápidas

O Música na Praça, do Shopping Jardim Guadalupe, todas as quintas de dezembro e janeiro, fecha o mês com os cantores Douglas Bastos e Ricardo Germano, em um karaokê ao vivo *** O Caxias Shopping (RJ) realiza show com o grupo de samba Show de Bola, nesta sexta-feira, a partir das 19h30.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Juntar 2 meses e meio de auxílio para comprar cesta básica

Não só a pandemia, mas inflação é ameaça às pretensões de Bolsonaro.

Se mirar Nordeste, Bolsonaro atingirá o próprio pé

Região tem menor média de casos e óbitos causados pela Covid.

Neodefensores do trabalhador ignoraram crise

Desemprego já era estratosférico em 2019, e apoiadores de Guedes nem ligavam.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

BC altera norma para segunda fase do open banking

Medida complementa regulamentação que estabelece requisitos técnicos de fase que vai permitir compartilhamento de dados e transações de clientes.

Confiança do consumidor medida por Michigan ficou abaixo do esperado

Índice registrou leitura de 86,5 na prévia de abril e o esperado era 89.

Escolha de conselheiros da ANPD preocupa por conflito de interesses

Entre os indicados há diretores e encarregados de dados pessoais de grandes empresas da internet.

Exterior abre em alta e futuros no Brasil operam com cautela

China atinge crescimento de 18,3%; na Europa, Índice de Preços ao Consumidor amplo de março teve avanço de 1,3% ao ano.

Estaleiro de SC investe meio milhão em linha de produção exclusiva

Estaleiro irá entregar até quatro vezes mais rápido e atender à crescente procura por embarcações novas.