Petrobras desenvolve mapeamento digital

Petroleira diz que já conseguiu mapear uma área de 18.700 km² (equivalente a 85% do território de Sergipe)

O Centro de Pesquisa e Inovação da Petrobras (Cenpes) divulgou que desenvolveu um projeto de mapeamento digital de solos. A petroleira diz que já conseguiu mapear uma área de 18.700 km² (equivalente a 85% do território de Sergipe). Inicialmente realizado nos campos de Urucu, Juruá e Araracanga, no Amazonas, o mapeamento foi estendido também para o Recôncavo Baiano, uma das principais áreas de exploração petrolífera no Nordeste.
Para realizar esse trabalho de mapeamento digital, a equipe do Cenpes criou um algoritmo que permite, a partir do estudo de uma área menor, extrapolar o mapeamento para um território extenso com o uso de ferramentas digitais. Com essa nova metodologia, o custo do mapeamento foi reduzido em 16 vezes – e a metodologia pode ser replicada em outras áreas.
“Com o mapeamento, é possível identificar as áreas onde a construção causa menos impacto e definir rotas para monitoramento das instalações de produção, fortalecendo a prevenção de acidentes”, relatou a Petrobras.

A Petrobras afirma que uma contribuição da pesquisa foi o mapeamento do estoque de carbono em ambientes onde ainda existem lacunas de conhecimento, como no solo da floresta e em áreas alagadas, revelando dados inéditos sobre o carbono nestes ambientes. “Estes dados ajudarão a companhia no cálculo do sequestro de carbono em áreas preservadas ou recuperadas, contribuindo para a melhor quantificação do benefício climático dessas ações e a possível conversão em créditos de carbono”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Plataformas da Bacia de Campos tem hotéis flutuantes

Petrobras estuda investir US$ 220 milhões até 2023

Fitch retira ratings da Unimed-Rio e da UPar

Mediana escala de negócios no setor de saúde suplementar

Exportações da Grendene cresceram 37%

Empresa aumentou a receita com exportações de calçados para R$ 142,8 milhões no segundo trimestre deste ano.

Últimas Notícias

Armazém Cultural: Câmara debate veto do prefeito do Rio

.Comissão de Justiça e Redação recomenda rejeição ao veto

Plataformas da Bacia de Campos tem hotéis flutuantes

Petrobras estuda investir US$ 220 milhões até 2023

Ações do setor de saúde puxam Ibovespa

Destaque também para Petrobras, que celebrou novo aditivo ao contrato de compra de gás natural com a YPFB

Governo de MG conclui leilão de 627,4 km de rodovias

Investimentos de R$ 3,2 bi, sendo R$ 1,4 bi nos oito primeiros anos da concessão

Bancos chineses: mais empréstimos para empresas privadas

No final de junho aumento de 11,4% em relação ao ano anterior