Petrobras: R$ 24 bilhões em dividendos

54
Fachada do edifício sede da Petrobras
Edifício sede da Petrobras no Centro do Rio (Foto: Fernando Frazão/ABr)

O Conselho de Administração da Petrobras aprovou nesta quinta-feira, no Rio de Janeiro, o pagamento de dividendos e juros sobre capital próprio aos acionistas no valor de R$ 1,89 por ação ordinária e preferencial. Assim, cerca de R$ 24 bilhões serão distribuídos a investidores.

A remuneração será paga em duas parcelas iguais nos dias 18 de agosto e 20 de setembro. De acordo com comunicado ao mercado disponível no portal da Petrobras, o valor aprovado é compatível com sua sustentabilidade financeira.

“O montante está alinhado à Política de Remuneração aos Acionistas vigente, que prevê que, em caso de endividamento bruto inferior a US$ 65 bilhões, a Petrobras deverá distribuir aos seus acionistas 60% da diferença entre o fluxo de caixa operacional e as aquisições de ativos imobilizados e intangíveis (investimentos)”, explica o texto.

Também foi aprovada na mesma reunião uma determinação para que a Diretoria-Executiva da empres elabore uma proposta de ajuste do Planejamento Estratégico e de Aperfeiçoamento da Política de Remuneração aos Acionistas da Petrobras, que inclua a possibilidade de recompra de ações. O Conselho de Administração quer deliberar sobre essas questões até o fim de julho.

Espaço Publicitáriocnseg

Leia também:

Privatização levou Petrobras à concentração no Sudeste e reduziu empregos no Nordeste

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui