Petrobras: recorde mensal no parque de refino em setembro

42
Refinaria Duque de Caxias - Reduc (Foto: Petrobras)
Refinaria Duque de Caxias - Reduc (foto Petrobras)

Na semana que acontece a OTC Brasil 2023, no Rio de Janeiro, um dos principais eventos sobre tecnologia offshore do mundo e o maior do país, a Petrobras reportou nesta segunda-feira que suas refinarias registraram, em setembro, o melhor resultado histórico em eficiência energética, chegando ao patamar de 101 pontos no índice que mede o consumo específico de energia.

No ano, o acumulado chegou a 103,8 pontos, disse a petroleira que opera 11 refinarias no país. Diesel, gasolina, querosene de aviação, gás de cozinha e muitos outros produtos usados todos os dias dependem do processo de refino.

No primeiro trimestre de 2023, a Petrobras informou que reduziu em 20% as emissões pelas tochas em refinarias em comparação a 2022. Em relação a 2019, a redução foi de 50%.,Em agosto, o governo federal anunciou que os investimentos na área de refino (construção, ampliação e modernização do parque nacional) serão de R$ 11, 3 bilhões. O montante está contemplado na carteira de investimentos de R$ 335 bilhões para o setor de petróleo e gás natural nos próximos anos calculado no novo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).

A indústria de petróleo e gás natural é de grande relevância para o Brasil e tem um amplo potencial de crescimento nos campos do Pré-sal e nos que estão em processos de estudos na Margem Equatorial. Dos R$ 335 bilhões previstos, R$ 243,8 bi serão investidos até 2026.

Espaço Publicitáriocnseg

Segundo a Petrobras, a otimização da intensidade energética no parque de refino no período representa uma redução do consumo de gás natural de 25,4%, quando comparado ao consumo de 2020, antes da implantação do programa RefTOP, que visa alavancar o desempenho das operações. Esse dado indica uma redução da emissão de gases do efeito estufa equivalente a mais de 75 mil ônibus urbanos circulando cinco dias por semana.

Já o resultado de intensidade de emissões de gases de efeito estufa no refino, em setembro, foi de 36,2 kgCO2eq/CWT, repetindo o excelente patamar de resultado alcançado em agosto deste ano. Segundo o diretor de Processos Industriais e Produtos da Petrobras, William França, “as marcas expressivas foram alcançadas a partir do trabalho integrado e com foco na otimização dos processos realizados pelas equipes das áreas de Operação, Otimização, Manutenção e Engenharia das refinarias, ancoradas nos processos de gestão e em soluções robustas de tecnologia”.

Sustentabilidade e eficiência

O programa RefTOP, lançado em 2021, visa alavancar a eficiência energética das operações, reduzir as emissões de gases de efeito estufa, aumentar a disponibilidade operacional e ampliar a capacidade de processamento de óleo do pré-sal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui