Petrobras tenta justificar aumento de 39% do gás natural

A semana começa com a notícia que a partir de 1 de maio a Petrobras aumentará o preço do gás natural para distribuidoras. “Os preços de venda de gás natural para as distribuidoras terão aumento, de 39% em R$/m3, com relação ao último trimestre. Medido em US$/MMBtu, o aumento será de 32%”, comunicou a companhia nesta segunda-feira.

Segundo a estatal, a variação decorre da aplicação das fórmulas dos contratos de fornecimento, que vinculam o preço à cotação do petróleo e à taxa de câmbio. As atualizações dos preços dos contratos são trimestrais.

Para os meses de maio, junho e julho, a referência são os preços dos meses de janeiro, fevereiro e março. Durante esse período, o petróleo teve uma alta de 38%, seguindo a tendência de alta das commodities globais. Além disso, os preços domésticos das commodities tiveram alta devido à desvalorização do real.

Os preços de gás natural da Petrobras também incluem o repasse dos custos incorridos pela companhia para o transporte do energético até o ponto de entrega às distribuidoras, que são definidos por tarifas reguladas pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Esta parcela do preço é atualizada anualmente no mês de maio pelo IGP-M, que, para o período de aferição (março de 2020 a março de 2021), registrou alta de 31%. Apesar do aumento em maio, junho e julho, ao longo de 2020, os preços do gás natural às distribuidoras chegaram a ter redução acumulada de 35% em reais e de 48% em dólares, devido ao efeito da queda dos preços do petróleo no início do ano.

“A Petrobras esclarece que o preço final do gás natural ao consumidor não é determinado apenas pelo preço de venda da companhia, mas também pelas margens das distribuidoras (e, no caso do GNV, dos postos de revenda) e pelos tributos federais e estaduais. Além disso, o processo de aprovação das tarifas é realizado pelas agências reguladoras estaduais, conforme legislação e regulação específicas”, destacou a estatal em nota.

Leia também:

Crowdfunding de Investimento: mais de R$ 84 milhões em 2020

Empresa paga 0,3% de sua receita para manter capital aberto

Artigos Relacionados

Oferta secundária das debêntures da Vale já tem preço

A Vale informou ao mercado nesta terça-feira que recebeu comunicado do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) sobre precificação da oferta secundária...

Empréstimo de R$ 370 milhões para indústria açucareira em SP

Recursos serão aplicados na modernização e aquisição de materiais para processo de cultivo O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) apoiará a modernização...

Mudanças no câmbio abrem caminho para o Pix internacional

Propostas da Consulta pública são os primeiros passos para colocar em prática o sistema de transferências instantâneas com o exterior.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Rádios FM poderão antecipar aumento de potência e área de cobertura

Antes, emissoras só podiam solicitar mudança a cada dois anos e de forma gradual.

Mudanças no câmbio abrem caminho para o Pix internacional

Propostas da Consulta pública são os primeiros passos para colocar em prática o sistema de transferências instantâneas com o exterior.

Taxa de empréstimo pessoal tem pequena alta em abril

Segundo o Procon-SP, a taxa média de empréstimo pessoal foi de 6,1% ao mês.

Mercados com poucas oscilações

PEC fura-teto preocupa.

Por preços de combustíveis, IPCA deve desacelerar

Por outro lado, os preços dos serviços devem continuar em patamares baixos, influenciados pelas medidas de restrição e pelas fracas condições do mercado de trabalho.