Petroleiras ganham dinheiro no mercado, não com produção

Desde a década de 1980, companhias viraram empresas financeiras.

Chevron, BP, Shell e Exxon e outras 20 petroleiras tiveram, nos primeiros 9 meses do ano, lucro total de US$ 174 bilhões, informa o jornal britânico The Guardian. O Governo Biden reclama que as companhias não aumentam a produção. Sem surpresas. Um especialista do setor de petróleo explicou à coluna que as grandes petroleiras há muito deixaram de ter na exploração e produção seu negócio central. Viraram empresas financeiras, controladas por grandes gestoras de fundos.

O movimento começou no final da década de 1970, início dos anos 80. Até esse período ainda vigorava, de alguma maneira, o preço dos contratos de petróleo, estabelecido pelas companhias. Mas a partir dos anos 80, isso mudou. Pouco a pouco, todas as companhias criaram empresas financeiras. A ELF (atual Total) criou na Suíça; a BP, em Londres; a Exxon escolheu Nova York. Sempre perto de alguma Bolsa. No começo, não era tanto para ganhar dinheiro, mas para poder participar da formação do preço.

Hoje, a ExxonMobil é praticamente controlado pela Vanguard. A Chevron tem o mesmo gestor como um dos principais acionistas, junto com State Street e Black Rock. A Shell ainda tem cerca de 1/3 do capital controlado pelo governo holandês, mas Black Rock e Capital são acionistas importantes. Perfurar deixou de ser o mais importante. Desde a década de 1980, o preço do petróleo vem subindo, com oscilações apenas em momentos de crise (virada para a década de 90 e em 2008).

Até a Petrobras abriu, na década de 80, uma empresa em Londres. Mas isso é assunto para amanhã.

 

Um revolucionário

Eu mal havia saído da universidade quando tive a oportunidade de trabalhar, por poucos meses, com Sérgio Rubens de Araújo Torres, então uma das lideranças do MR-8. Pessoa sensível, humilde, generosa, sem apegos, extremamente calmo e de uma inteligência extraordinária. Ele se tornou vice-presidente e membro do núcleo dirigente do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) quando este incorporou o Partido Pátria Livre (PPL), em 2019.

Sérgio Rubens faleceu neste domingo, em São Paulo, aos 73 anos, em decorrência de uma parada cardíaca. Perdem todos aqueles que lutam por um Brasil melhor.

 

Mais que convicções

Matéria da Folha mostrou que o governo desmantelou o programa de cisternas no Nordeste para beneficiar deputados premiados com verbas do orçamento secreto para votarem com o governo. O que falta para o STF iniciar processo tal qual o Mensalão?

 

Rápidas

“Petrobrás como Chave da Soberania Energética Brasileira” é a palestra que Felipe Maruf Quintas, mestre e doutorando em Ciência Política pela UFF, fará nesta quarta, às 19h, em uma realização do DPG do Clube de Engenharia. Inscrições gratuitas *** Nesta terça, às 9h, o advogado Paulo Parente Marques Mendes fará a palestra “Links Patrocinados e Ativação de Anúncios na Internet: Concorrência Desleal ou Direito de Informação do Consumidor?”, em evento promovido pela Emerj e ABPI *** A posse dos 12 novos associados do Iargs será online, nesta terça, às 19h, com transmissão ao vivo pelo Canal do Youtube do instituto.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Suíça é ponte para exportações à Rússia

Vendas do País que lava mais branco aos russos cresceram mais de 80% desde fevereiro.

Novo Fiat Cronos quer resgatar clientes do Siena

Preços variam entre R$ 74.790 (1.0 manual) e R$ 93.490 (Precision 1.3 AT).

Investimentos e ações para enfrentamento das mudanças climáticas

Alterações não se apresentam como algo normal a longo prazo.

Últimas Notícias

BNDES: R$ 6,9 bi para construção da linha 6 do metrô de SP

Total previsto de R$ 17 bilhões financiados por um consórcio de 11 bancos

Área de oncologia movimenta R$ 50 bilhões no Brasil

Cerca de 625 mil novos casos de câncer são diagnosticados por ano

Títulos públicos prefixados: maiores rentabilidades de julho

Destaque ficou com os prefixados de vencimentos mais longos, representados pelo IRF-M1+

Economia prepara projeto para abrir fundos de pensão ao mercado

Em jogo, patrimônio de R$ 1 trilhão acumulado pelos fundos fechados de previdência.