Petróleo mantém queda e fecha abaixo de US$ 100 no mercado dos EUA

268
Gráficos do mercado
Gráficos do mercado (foto Pixabay)

Os preços do petróleo continuaram sua trajetória de queda nesta terça-feira. O West Texas Intermediate (WTI) para entrega em junho caiu 3,2%, para fechar em US$ 99,76 o barril na Bolsa Mercantil de Nova York. O petróleo Brent para entrega em julho perdeu 3,3%, para fechar a US$ 102,46 o barril na London ICE Futures Exchange. Na segunda-feira, o WTI e o Brent já haviam caído 6,1% e 5,7%, respectivamente.

“A queda foi provocada por preocupações econômicas que também foram expressas em mercados de ações em forte queda”, disse Carsten Fritsch, analista de energia do Commerzbank Research, em nota na terça-feira.

“Além disso, também houve algumas notícias específicas do petróleo: a notável redução da Arábia Saudita em seus preços oficiais de venda para clientes asiáticos foi claramente interpretada por alguns participantes do mercado como um sinal de demanda de petróleo mais fraca”, disse ele.

Também pesou no mercado o dólar forte. O índice do dólar, que mede a moeda norte-americana em relação aos seis principais pares, subiu 0,26%, para 103,92 no final do pregão de terça-feira, pairando perto de uma alta de duas décadas. Um dólar mais forte é negativo para commodities precificadas na unidade, tornando-as mais caras para compradores que usam outras moedas, segundo a agência de notícias Xinhua.

Espaço Publicitáriocnseg

Os comerciantes também estão aguardando dados sobre os estoques de petróleo dos EUA, já que a Administração de Informações de Energia dos EUA deve divulgar seu relatório semanal de status do petróleo nesta quarta-feira.

Leia também:

Alta de commodities faz exportação aos árabes crescer

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui