PIB da região Beijing-Tianjin-Hebei cresce 90% na última década

A região Beijing-Tianjin-Hebei viu seu Produto Interno Bruto (PIB) crescer 90% para 10,4 trilhões de yuans (US$ 1,46 trilhão) em 2023, em comparação com o nível de 2013, mostraram dados divulgados nesta quinta-feira.

29
Pessoas visitam o centro de exposições da Zona Nacional de Demonstração de Inovação Independente de Zhongguancun em Beijing, capital da China, em 27 de maio de 2023. (Xinhua/Zhang Chenlin)
Xinhua - Silk Road

Beijing, 23 fev (Xinhua) — A região Beijing-Tianjin-Hebei viu seu Produto Interno Bruto (PIB) crescer 90% para 10,4 trilhões de yuans (US$ 1,46 trilhão) em 2023, em comparação com o nível de 2013, mostraram dados divulgados nesta quinta-feira.

Ao transferir suas funções não-essenciais, Beijing fechou mais de 3 mil empresas de manufatura e fechou ou atualizou quase mil mercados e centros de logística na última década, disse Liu Bozheng, vice-diretor do departamento de Beijing que administra a integração da região Beijing-Tianjin-Hebei, em uma coletiva de imprensa nesta quinta-feira.

Em um sinal de crescimento de alta qualidade, a proporção de novas entidades empresariais na cidade em setores de ponta que abrangem tecnologia, comércio, cultura e informação, entre outros, aumentou de 40,7% em 2013 para 66,1% em 2023, disse o oficial.

Na última década, as empresas de Zhongguancun, uma zona nacional de desenvolvimento industrial de alta tecnologia em Beijing, estabeleceram mais de 10 mil filiais em Tianjin e Hebei.

Espaço Publicitáriocnseg

Enquanto isso, as empresas de Beijing fizeram 49 mil investimentos nas duas regiões vizinhas, totalizando 2,3 trilhões de yuans.

À medida que a integração ganha ritmo, a região construiu mais ferrovias e rodovias para aumentar a conectividade.

A região de Beijing-Tianjin-Hebei tem mais de 11.000 km de linhas ferroviárias, um aumento de mais de 30% em relação a 2013, e quase 11.000 km de rodovias, um aumento de mais de 40% em relação a 2013, mostraram os dados. Fim

Leia também:

Relação comercial entre China e Nova Zelândia continua forte, diz ministro
Cinturão e Rota
Relação comercial entre China e Nova Zelândia continua forte, diz ministro

Wellington, 22 abril (Xinhua) — A China continua sendo uma forte oportunidade comercial para os exportadores de kiwi, já que as empresas e os consumidores chineses continuam valorizando os produtos de alta qualidade da Nova Zelândia, disse o ministro do Comércio e Agricultura da Nova Zelândia, Todd McClay. “A China é o nosso maior mercado […]

Yunnan, no sudoeste da China, vê boom turístico no 1º trimestre de 2024
Cinturão e Rota
Yunnan, no sudoeste da China, vê boom turístico no 1º trimestre de 2024

Kunming, 22 abril (Xinhua) — A Província de Yunnan, no sudoeste da China, recebeu 300 milhões de turistas nacionais e estrangeiros no primeiro trimestre de 2024, um aumento de 5,3% em relação ao ano anterior, de acordo com o departamento de cultura e turismo. A receita turística da província totalizou mais de 391,7 bilhões de […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui