Pimenta no dos outros…

A coluna pega emprestado o título utilizado ontem por Mônica Gusmão, em Seu Direito, pois nada mais adequado para algumas reações depois que a Globo e a Procuradoria-Geral da República (PGR) decidiram centrar fogo no Governo Temer. O ilibado Moreira Franco, por exemplo, cita editorial do Estadão, que faz “uma análise sobre a responsabilidade que imprensa e agentes públicos têm com o país, mediante a manipulação de informações que acabam por gerar prejuízos para os brasileiros. A própria linha fina do artigo destaca que 'não é de hoje que os procuradores usam a imprensa para disseminar acusações que, uma vez veiculadas, ganham ares de condenação'”.

O jornalista Reinaldo Azevedo pediu demissão da Veja após vazamento de uma conversa telefônica entre ele e Andrea Neves, a irmã – agora presa – do senador Aécio Neves. Não há nenhuma acusação contra Azevedo, mas uma constrangedora crítica a reportagem da revista que o abrigava. Ele, que nunca se constrangeu com os vazamentos seletivos quando estes deixavam o PT na berlinda, saiu criticando a divulgação da conversa.

Na Folha, o colunista Bernardo Mello Franco – um dos que, junto com Janio de Freitas e outros poucos, ainda pode ser lido sem restrições no jornalão paulista – assinala: “Os movimentos que diziam não ter 'corrupto de estimação' desistiram de ir às ruas no último domingo. Seus líderes trocaram a camisa amarela pela chapa branca.”

 

Fundo do poço

O Clube de Engenharia divulgou nota em que conclama as “forças vivas da Nação a desinterditarem o debate, para que possamos construir o país democrático, soberano, economicamente desenvolvido e socialmente inclusivo que almejamos”.

É hora de nos unirmos, independentemente de convicções políticas, para construir a única solução legítima para a saída do atoleiro em que nos encontramos: devolver ao povo os mandatos existentes, através de eleições diretas para a Presidência da República. Tal solução, entretanto, há de ser construída nos marcos da nossa Constituição, e pressupõe a prévia retirada das propostas de 'reformas' supressoras de direitos sociais e trabalhistas”, bem como “o estabelecimento de regras consensuais para essas eleições”.

 

Império da Lei

Criador do Movimento Quero um Brasil Ético, o jurista Luiz Flavio Gomes escreveu a obra O Jogo Sujo da Corrupção (Astral Cultural), lançada nesta terça, defendendo a ideia de reforma política, assim como a implosão do sistema corrupto. A intenção é investir em um Estado soberano, novo regime governamental em que a lei vale para todos – o Império da Lei.

LFG ainda acredita que a Lava Jato, enquanto dentro do estado de direito, representa uma mudança profunda para o Brasil. Segundo o jurista, o país é comandado pelas mãos de grupos divididos em “crime organizado privado” e “crime organizado dos agentes públicos”. E pontua que muitos dos personagens que compõem estas facções faziam parte de uma elite intocável – até bem pouco tempo atrás.

Ele propõe medidas como: “proibição constitucional de concessão de anistia para os crimes de corrupção e de caixa dois eleitoral” e “reforçar a Lei de Transparência”. Luiz Flávio Gomes sugere uma reforma política, que além de colocar a lei como a grande governante, extinguiria o cargo político-profissão

 

Novo aliado

O senador Renan Calheiros, líder do PMDB no Senado, fará discurso às 10 horas desta quarta-feira, no Parque da Cidade, Brasília, durante a marcha das centrais sindicais. Os trabalhadores seguirão em direção ao Congresso Nacional, onde será realizado ato contra as reformas trabalhista e previdenciária.

 

Rápidas

Foi publicado o edital do segundo exame de suficiência de 2017 voltado para profissionais da contabilidade, condição necessária para a homologação do registro profissional. As inscrições estarão abertas entre 20 de junho e 20 de julho e podem ser feitas no site do Conselho Federal de Contabilidade (cfc.org.br) *** O professor Michel Levi C., da Universidad Andina Simón Bolivar, de Quito, é o convidado do curso Regionalismo Comparado na Cátedra Jean Monnet da FGV Direito para falar, nesta quarta-feira sobre “European Union and South America Relations”. O encontro acontece à tarde na sede da FGV no Rio. Inscrições em www.fgv.br/eventos/?P_EVENTO=3252&P_IDIOMA=0 *** De 26 a 28 de maio será realizado o IX Dançar Caxias Shopping. O evento reúne escolas e grupos de dança da Baixada Fluminense *** Em junho começam as aulas da oficina profissionalizante de serralheria e solda, oferecidas pelo Galpão Aplauso a jovens entre 17 e 29 anos. O curso, gratuito, oferece alimentação e uma bolsa mensal de R$ 300 para transporte. Inscrições em http://aplauso.art.br/cursos *** O Sebrae realiza a palestra gratuita “Qualidade no Atendimento ao Cliente”, nesta quarta, às 19h, no Shopping Jardim Guadalupe (RJ).

Artigo anteriorTiro no pé
Próximo artigoTemer, o Breve – II
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Privatização da Eletrobras aumentará tarifa em 17%

Estatal dá lucro e distribuiu R$ 20 bi em dividendos para a União.

Dois mitos sobre a Petrobras

Mídia acionada pelo mercado financeiro abusa de expedientes que ataca quando usados por bolsonaristas.

Mudar preços implica parar venda de refinarias

Mercado financeiro cobrará deságio, e Petrobras precisa de ativos para poder operar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

IGP-M acumula inflação de 28,94% em 12 meses

Segundo FGV, taxa ficou em 2,53%, em fevereiro, após registrar 2,58% em janeiro.

Confiança do comércio tem leve alta em fevereiro

Segundo a FGV, é a primeira alta depois de quatro quedas consecutivas.

Balanço melhor que o esperado da Petrobras anima mercado nacional

Hoje, no exterior, Bolsas mundiais operam sem direção única.

O futuro está nas criptomoedas?

Quarta foi de intensa volatilidade nos mercados externos; por aqui com justificativa, ainda em função do imbróglio de Petrobras e Eletrobras.

Preços dos carros mais vendidos subiram 9,4% em média em um ano

Com 18,23% de variação, Renault Kwid foi o que mais subiu de preço entre os 13 mais vendidos.