Planta da BRF é habilitada a exportar empanados para Omã

A unidade da BRF da cidade paranaense de Toledo foi habilitada para exportar empanados de frango para Omã, país árabe do Golfo. De acordo com informações divulgadas pela empresa brasileira, o processo de habilitação inclui, de forma pioneira, uma auditoria realizada por videoconferência na fábrica, com inspeção de todas as etapas da produção de empanados, que seguem os preceitos halal (próprio para consumo de muçulmanos).

A planta de Toledo já produz itens de valor agregado de carne de aves para outros países árabes, como Emirados Árabes, Catar e Kuwait. “A habilitação da planta de Toledo, por videoconferência, mostra a liderança da BRF nessa nova alternativa de habilitação, que ganhou força durante as restrições causadas pela pandemia e confirma a qualidade dos nossos produtos, bem como reforça a nossa presença em mercados-chave da estratégia de crescimento da companhia”, afirmou, em nota, Luiz Tavares, gerente- executivo de Relações Institucionais da BRF.

De acordo com informações da companhia brasileira, outras unidades da BRF estão habilitadas para exportar para Omã. Em Goiás, há unidades aptas em Buriti Alegre, Jataí e Rio Verde. Em Santa Catarina podem fornecer ao país árabe plantas de Capinzal, Chapecó, Dois Vizinhos, no Rio Grande do Sul as plantas de Lajeado e Serafina Corrêa, no estado de Minas Gerais a planta de Uberlândia, no Mato Grosso a unidade de Nova Mutum e no Paraná, além da nova habilitada de Toledo, a BRF pode exportar a Omã a partir das plantas de Carambeí e de Francisco Beltrão.

 

Agência de Notícias Brasil-Árabe

Leia mais:

Sony deixará de vender áudio e vídeo no Brasil

Empréstimos: taxas dos bancos seguem altas para o empreendedor

Artigos Relacionados

‘Senhora Stern’ entra em cartaz direto no Streaming nesta 6ª feira

Filme inédito estreia direto no streaming da Supo Mungam Plus nesta sexta (16/4), e no Now e Vivo Play no dia 29/4.

Jornalista agora pode ser MEI

Senado tentou incluir corretor de imóveis, publicitários e produtores culturais no projeto.

STF determina reintegração de excluídos do Bolsa Família

Ministro Marco Aurélio avaliou que Governo Federal estava descumprindo determinação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Jornalista agora pode ser MEI

Senado tentou incluir corretor de imóveis, publicitários e produtores culturais no projeto.

STF determina reintegração de excluídos do Bolsa Família

Ministro Marco Aurélio avaliou que Governo Federal estava descumprindo determinação.

Preços dos medicamentos voltam a subir em março

Segundo levantamento, resultado reflete agravamento da pandemia, colapso das unidades de saúde e depreciação cambial.

Planos devem autorizar exame de Covid de forma imediata

Antes da determinação da ANS, os planos podiam demorar até três dias úteis para garantir o atendimento ao pedido.

Cresce demanda árabe por café verde e solúvel do Brasil

No primeiro trimestre deste ano, país exportou 37% mais café à região; além dos grãos verdes, crus, países têm demandado mais produto solúvel.