Pneumonia, não!

Do governador Requião, que realiza, mês que vem, seminário internacional para debater alternativas à crise, ao justificar o critério para chamar o especialistas para o seminário: “Estamos convidando personalidades de visão heterodoxa da economia; eu não vou convidar os causadores do desastre, que hoje querem receitar para um doente de resfriado – que se resfriou porque eles recomendaram um banho frio em um dia de inverno – aspirina. Queremos um caminho definitivo para a saída da crise.”

Sigilo
O uso do segredo de justiça em processos que envolvam a saúde financeira de empresas listadas em bolsa foi criticado pela juíza titular da 2ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, Márcia Cunha de Carvalho. De acordo com a magistrada, é tênue a linha que separa a segurança jurídica das empresas e a informação privilegiada, que serve para manipular o mercado. A juíza afirmou, em almoço promovido pela Câmara de Comércio Brasil-França e o Instituto Brasileiro de Governança Corporativa no Rio de Janeiro nesta sexta-feira, que três processos deste tipo, envolvendo grandes empresas – e quantias também grandes – tramitam na 2ª Vara.

Conta
O Tribunal de Contas da União (TCU) condenou o ex-prefeito de Duque de Caxias (RJ) José Camilo Zito dos Santos ao pagamento de R$ 101.934,52 por não ter comprovado o uso de recursos recebidos do Fundo Nacional de Saúde (FNS) para reduzir a incidência e transmissão do vírus HIV e de outras doenças sexualmente transmissíveis. Segundo o TCU, os valores apresentados na relação de pagamentos divergiam dos extratos bancários. Zito foi novamente eleito prefeito de Caxias, em outubro. Cabe recurso da decisão.

Extra
Ante a crise global, procura-se uma saída que não seja apenas defensiva e que permita ao país tirar o melhor proveito das oportunidades surgem, em particular, da nova riqueza que se vislumbra com o petróleo da Bacia de Santos e do pré-sal. Este é um dos temas da edição extraordinária do Fórum Nacional, que ocorre dias 3 e 4 no BNDES. Outro tema do fórum é o desenvolvimento cultural do Brasil. Em pauta, o “Teatro Mágico da Cultura”.

Educação
O Sindicato dos Professores do Rio de Janeiro (Sinpro-Rio), com a apoio da Federação dos Trabalhadores em Educação do Estado do Rio (Feteerj), realiza, na próxima terça-feira a 3ª Reunião do Fórum Permanente da Educação Superior, na sede do Sinpro-Rio, na Rua Pedro Lessa 35/2° andar). Na pauta, ATS, reuniões paritárias e flexibilização currricular e consultorias pedagógicas.

Elvis não morreu
O  presidente da Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), Fabio Barbosa, defendeu a auto-regulamentação como saída para que o setor financeiro possa contribuir para o crescimento da economia por meio das operações de crédito.

Marcos de Oliveira e Sérgio Souto

Artigo anteriorO tempo passa
Próximo artigoA ser vencido
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Chile, Paraguai, Colômbia… e o Brasil?

Crises políticas e sociais nos países vizinhos acendem alerta.

Na pandemia, BNDES vendeu ações que agora valem o dobro

Em nove meses, banco perdeu R$ 8 bi só em 1 operação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Conteúdo online voltado para o ensino e para ganhar dinheiro

Cada vez é mais possível aproveitar o conteúdo online para avanços desde a fluência do inglês das crianças a até aprender a operar como trader na bolsa.

Queda de faturamento atinge 82% dos MEI

Em Minas, 60% dos microempreendedores individuais formalizados na pandemia abriram o negócio por oportunidade.

Inflação oficial fica em 0,31% em abril

Grupo com alta relevante no mês foi alimentação e bebidas (0,40%), devido ao comportamento de alguns itens.

Manhã de hoje é negativa em quase todo o mundo

Em Nova Iorque, Dow Jones e S&P futuros cediam 0,10% e 1,04%, respectivamente.

Projeção da Selic é de 5% no final deste ano

Para o ano que vem, analista projeta 6,5%, dado o alerta do Copom sobre o ritmo de normalização após reunião de junho.