Politeno

As ações preferenciais B da Politeno (PLTO6) enfrentam movimento de alta para o médio prazo com boa consolidação. O papel não tem influência no índice e continua com condições de se manter bem mais lucrativo, pois as medidas de reestruturação adotadas pela companhia visando dominar melhor seu mercado, deverão  se fazer sentir cada vez mais, e tal processo tende a gerar maiores benefícios para os acionistas, com excelentes perspectivas na exportação.
A Politeno continua sendo cogitada para take-over. Os gráficos mostram bom suporte na faixa dos R$ 5,40, onde se encontram os atuais compradores e resistência bem patente a partir dos R$ 6,40, onde deve novamente encontrar fortes vendedores  na próxima subida mais agressiva. Tudo indica que a consolidação continue, pois o interesse pelo papel nos níveis atuais se mantém e permite antever a ruptura e a cotação rumar para os R$ 7,00. Se, por outro lado, houver perda de força, os preços poderão cair até o nível dos R$ 5,00, onde outros grandes compradores se apresentarão no curto prazo. Nessa região, posições podem ser formadas sem a necessidade de fixação de stop.
O Indicador de Acumulação sinaliza potencial alta a partir dos  patamares de suporte. No longo prazo, tem sido sempre  bem recomendada, pois representa um dos alavancadores de nosso desenvolvimento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBrasmotor
Próximo artigoSaraiva

Artigos Relacionados

Mercados caem em meio à expectativa de recessão

Hoje também é dia de dados de emprego no Brasil.

Mercados operam mistos de olho em pronunciamento de Powell

Atenção também a PIB nos EUA; internamente IGP-M veio abaixo do esperado e Oi reverte prejuízo.

Mercados em alta com reabertura de Xangai e Pequim

Hoje também é dia de Caged e relatório de dívida pública.

Últimas Notícias

Café torrado, óleo de soja e leite UHT retraem em 2022

Cesta de bens de consumo massivo representará 37% da renda dos latino-americanos em 2022.

Safra de soja 2021/22 tem previsão de 126,18 mi de t

Estudo projeta 116,10 mi de t para as duas safras de milho.

China intensifica esforços para aliviar carga tributária das empresas

Os ministérios da China lançaram uma série de políticas de apoio, com o objetivo de manter as empresas e os negócios autônomos à tona, em meio à epidemia de COVID-19, com foco no corte de taxas e impostos.

Reservatórios fecham junho com o melhor índice em 10 anos

Período seco está iniciando o seu terceiro mês e afluências devem ficar abaixo da média na primeira semana de julho.

China lançará esquema de conexão de swap de juros Continente-HK

O banco central chinês, o Banco Popular da China (PBOC), anunciou na segunda-feira a aprovação de três instituições de infraestrutura financeira para desenvolver um esquema de acesso mútuo conectando os mercados de swap de taxas de juros do continente chinês e da Região Administrativa Especial de Hong Kong (HKSAR), informou Xinhua Finance nesta segunda-feira.