Polícia para quem…

Para despejar cerca de 6 mil sem-teto de Pinheirinho, ocupação popular em São José dos Campos, a 97 quilômetros de São Paulo, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, mobilizou dois helicópteros, 220 viaturas, 40 cães, cem cavalos e 2 mil policiais. Pinheirinhos faz parte da massa falida do investidor Naji Nahas, responsável pela quebra da Bolsa do Rio, em 1989. Quando tal aconteceu, no entanto, nenhum integrante desse fantástico contigente apareceu.

Começou mal
Se nada mudar, a balança comercial brasileira caminha para um déficit de US$ 2 bilhões em janeiro. Em 2011, o ano começou com superávit de quase US$ 400 milhões.

Oportunidade
Para discutir os impactos da Lei 12.485 , que prevê, entre outras coisas, que uma parte da programação das emissoras de TV a cabo que atuam no Brasil seja preenchido por produção nacional, a Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ) realiza, em parceria com o Sebrae-RJ, um seminário na próxima sexta-feira. A lei foi sancionada em setembro passado e está em consulta pública na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) até 31 de janeiro. O evento será realizado a partir das 9h30 no auditório da ACRJ (Rua da Candelária, 9, Centro, Rio de Janeiro).

Cadeado
Em meio a ataques de hackers a sites dos governos, a Secretaria de Fazenda (SEF) do Distrito Federal resolveu bloquear qualquer acesso à área restrita do sistema por meio de dispositivos móveis, como smartphones e tablets. Esse bloqueio será mantido até o dia 15 de fevereiro, quando termina o prazo para os cadastrados indiquem a forma como usarão seus créditos, que somam cerca de R$ 190 milhões.
A SEF garante que o acesso ao sistema por conexão fixa está funcionando perfeitamente desde quarta-feira passada, quando foram instalados mais dois servidores para atender à população.

Na ONU
O Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, nomeou o brasileiro Bráulio Ferreira de Souza Dias como secretário executivo do Secretariado da Convenção sobre Diversidade Biológica (CBD). Atual secretário nacional de Biodiversidade e Florestas do Ministério do Meio Ambiente (MMA) do Brasil, Bráulio Dias é diretamente responsável por supervisionar diversos programas entre diferentes instituições, assim como do trabalho de quatro delas ligadas ao MMA.

Volta do diploma
A Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) marcou para os próximos dias 7 e 8, após o fim do recesso do Congresso Nacional, a retomada da mobilização no Senado para aprovar, em segundo turno, a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 33/09, que restitui a exigência do diploma de jornalista para o exercício da profissão. No primeiro turno, a proposta foi aprovada com larga maioria e apoios da oposição e da situação.

Eireli
Em vigor desde 9 de janeiro, a Lei Eireli – sobre o novo modelo societário, a Empresa Individual de Responsabilidade Limitada – gera dúvidas e questionamentos. O Sescon-RJ realizará, nesta quinta, palestra gratuita sobre o tema. Os interessados podem ser inscrever através do site www.sescon-rj.org.br

Dia da caça
Entusiasmado com o sucesso do livro A Privataria Tucana (Geração Editorial), do jornalista Amaury Ribeiro Jr, o deputado estadual Gilberto Palmares (PT-RJ) prometeu “montar uma barraquinha” para vender a publicação na porta da Embratel, uma das empresas privatizadas pelo tucanato. Quando as teles foram passadas nos cobres, o marketing da venda do patrimônio público foi feita no mesmo estilo, lembrou Palmares.

Orgânico
O Brasil ocupa o terceiro lugar no mercado de cosméticos orgânicos e estima-se que em 2012 o setor cresça 7,4%. A informação é da Beraca, empresa brasileira com 50 anos de atuação no ramo e que produz  insumos para a indústria de maneira sustentável.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorViés de queda
Próximo artigoCaminho

Artigos Relacionados

‘EUA do Mar’ seria considerado crime de lesa-pátria

Na terra de Biden, entregar navegação a estrangeiros é impensável.

Governo Bolsonaro não dá a mínima para a indústria

País perde empregos de qualidade e prejudica desenvolvimento.

Taxa sobre exportação de petróleo renderia R$ 38 bi

Imposto aumentaria participação do Estado nos resultados do pré-sal.

Últimas Notícias

Fundos de investimento poderão atuar como formadores de mercado na B3

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) autorizou os fundos de investimento a atuarem como formadores de mercado na B3, a bolsa do Brasil. A...

ABBC: Selic deve subir 1,50 ponto percentual

O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) se reúne na próxima terça-feira (7) para decidir sobre a nova Selic, a taxa básica...

Ibovespa fecha a semana em alta

(alta de 0,013%). O volume representou uma extensão do movimento positivo registrado na quinta-feira (2), quando o índice fechou com forte alta de 3,66%,...

China: Incentivos fiscais para investidores estrangeiros

A China anunciou que estendeu suas políticas fiscais preferenciais para investidores estrangeiros que investem no mercado de títulos da parte continental do país. A...

Brasileiro teria renda 6 vezes maior com indústria forte

Entre 1950–70, PIB do País foi multiplicado por 10.