População enfrenta dificuldades para fazer teste de Covid

Na cidade do Rio, 38% dos internados por coronavírus não tomaram vacina; número de internações aumentou devido à variante Ômicron.

A chegada da variante Ômicron ao Rio de Janeiro e seu rápido contágio entre a população nesses primeiros dias do ano, levaram a um aumento exponencial na procura por testes diagnósticos para a Covid-19, tanto na rede pública quanto na particular.

Na rede municipal, segundo os painéis da prefeitura, a positividade dos testes passou de 1% nas primeiras semanas de dezembro para 44% na primeira semana do ano. A quantidade de testes feitos na cidade também apresentou um salto, de menos de 5 mil no meio de dezembro para mais de 60 mil na semana passada.

A maioria dos testes feitos na capital é do tipo antígeno, que foram distribuídos pelo Ministério da Saúde em novembro e dezembro. Ele fica pronto em 15 minutos e detecta a presença da infecção ativa. Porém, o antígeno é menos sensível que o RT-PCR e pode dar falso-negativo em casos assintomáticos.

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES), de janeiro a dezembro de 2021 foram feitos 1.388.005 testes RT-PCR para detecção da Covid-19 na rede SUS em todo o estado, com taxa média de positividade durante todo o ano de 27,60%.

Os dados do estado registram o aumento de casos da Covid-19. Se entre os dias 12 e 18 de dezembro o estado confirmou cerca de 300 casos da doença, na última semana de 2021 o número saltou para 8.250 e na primeira semana de janeiro foi a 24.568. A capital não registrou nenhum óbito por Covid-19 em 2022, enquanto o estado teve 14 mortes na primeira semana.

Mesmo com a abertura de nove postos de testagem para pessoas com sintomas leves ou que tiveram contato com casos positivos, conseguir atendimento na rede da Secretaria de Saúde tem sido difícil. O sistema de agendamento online começou a funcionar no domingo e oferece vagas para os dois dias seguintes.

Para os testes de RT-PCR, os kits de coleta são retirados pelos municípios no Laboratório Central Noel Nutels (Lacen-RJ) conforme as amostras entregues para análise. De acordo com a Secretaria de Saúde, o Lacen-RJ está sobrecarregado com o aumento da procura por testes.

Entre os pacientes atualmente internados por Covid-19 na rede do SUS na capital fluminense, cerca de 90% não têm o esquema vacinal completo (incluindo a dose de reforço), e aproximadamente 38% não tomaram nenhuma dose da vacina, segundo a Secretaria Municipal de Saúde.

Em cinco dias, aumentou em cerca de quatro vezes o número de internações na rede pública municipal pela Covid-19 devido à variante Ômicron. Ontem (11), havia 180 internados pela doença, sendo 110 em leitos de enfermaria e 70, em unidades de terapia intensiva (UTI). No dia 7, eram 47 internados, dos quais 23 em enfermaria e 24 em UTI, de acordo com o Painel Covid-19 da prefeitura carioca.

Foi registrado um salto nas internações esta semana. No domingo (9), havia um total de 61 internados por Covid-19 na rede municipal de saúde, sendo 31 em enfermaria e 30 em UTI. Na segunda-feira, o número de internações mais que dobrou, subindo para 134, dos quais 84 em enfermaria e 50 na UTI.

A secretaria municipal informou que, em razão do aumento do número de casos e internações na cidade, deverá abrir, diariamente, cerca de 30 leitos para tratamento de pacientes com Covid-19 no Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, em Acari, Zona Norte, unidade de referência para a doença.

 

Com informações da Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Rio CVB: Receita do Rock in Rio acima de US$ 158 milhões

Evento deve gerar pagamento de US$ 7,9 milhões em impostos à cidade.

Ação civil para incluir fonte solar em leilão de energia

Associação do setor fala em 'tratamento isonômico para empreendimentos fotovoltaicos participarem de leilões do Governo Federal.'

‘Política do calendário eleitoral reduz preço da gasolina’

Combustível recuou quase 10%; para Deyvid Bacelar, Bolsonaro tirou do preço o ICMS, que ia para escolas, hospitais... mas não mexeu no PPI'.

Últimas Notícias

Mercado imobiliário dos EUA entra em recessão

Seis em 10 norte-americanos temem não conseguir pagar suas hipotecas em 2023.

Nubank: resultado do 2T22 e a perspectiva de recuperação das ações

Destaque para captação de clientes, mas risco de inadimplência é alto.

Rio CVB: Receita do Rock in Rio acima de US$ 158 milhões

Evento deve gerar pagamento de US$ 7,9 milhões em impostos à cidade.

Anatel recebe cerca de 1 milhão de queixas

Reclamações foram contra serviços de telefonia, internet e TV.

Europa admite 2 pesos na crise na Ucrânia e em Gaza

Cinismo típico da mentalidade colonial