Porto chinês movimenta mais de 100 milhões de ton. de petróleo e gás

Volume de petróleo e gás que chegou ao porto foi de 55,7 milhões de toneladas, um aumento anual de 41,7%.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

O porto de Ningbo Zhoushan, o mais movimentado da China, na Província de Zhejiang, no leste da China, informou que sua taxa de transferência de petróleo e gás ultrapassou 100 milhões de toneladas nos primeiros dez meses do ano, marcando a primeira vez que atingiu este volume, anunciaram as autoridades locais.

Durante o período, o porto registrou uma movimentação bruta de cerca de 105,5 milhões de toneladas em seu setor de petróleo e gás, alta anual de 50%. Atualmente, o petróleo e o gás tornaram-se os principais bens com a taxa de crescimento mais rápida e o incremento mais estável no porto, servindo como o principal motor da capacidade econômica do mesmo, segundo o Departamento de Navegação e Administração do Porto de Zhoushan.

No porto, foram registradas 569 chegadas de navios internacionais de petróleo, 147 a mais que no mesmo período do ano passado. O volume de petróleo e gás que chegou ao porto foi de 55,7 milhões de toneladas, um aumento anual de 41,7%.

Conforme a agência Xinhua, em outubro, o porto assinou projetos de petróleo e gás totalizando 165,6 bilhões de iuanes (US$ 23,89 bilhões) durante a Segunda Conferência Internacional de Companhias de Petróleo e Gás Natural, com o objetivo de acelerar a indústria na Zona Piloto de Livre Comércio de Zhejiang. A zona piloto de livre comércio de Zhejiang em Zhoushan tem buscado estabelecer cooperação com empresas globais de petróleo e gás desde a sua criação em abril de 2017.

 

 

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor